quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Poesia do teu olhar

Não tenho tempo pra muitas palavras
Minha inspiração está seca
Sedenta desejo do teu molhado beijo
Como não quero voar de emoção
Meu coração faz ciranda gloriosa
Festejando a linda e maravilhosa poesia do teu olhar.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário