domingo, 30 de setembro de 2012

Pensar

Água palavra,
Rio saudade,
Lágrima alarde,
tempo fugaz.

Sentimento redondo,
Mandala canção,
flor coração.
Cor que atrai.

Pensar Holístico,
Todo sentido,
Amor repartido,
Minhas asas em ti.

Dia e noite,
Breve futuro,
poema maduro,
Estrada de mim.


Manu Kelé!

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Gracioso desejo

Gracioso desejo,
Peito aberto,
Estrada de nós.

Terna cidade
Flores do caminho,
Bom carinho,
Fio da verdade.

Terra azul,
Amarelo Flamboyant
Luz maçã
Gosto teu.

Verde mar,
Todo encanto,
Meu acalando,
som do teu pulsar.

Manu Kelé!

sábado, 22 de setembro de 2012

Esqueci de mim

Esqueci de mim,
Léguas a dentro,
Suspiro profundo,
Oco do mundo meu...

Vazio poético,
Flores secas,
Cegueira das cores,
Apagada alegria...

Tino perdido,
Ouvido sem som,
Dom de esquecer,
Vida solta...

Lado outro,
Palavra morta,
Poesia torta,
O outro lado da imaginação...

Manu Kelé!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Simples palavra

Flor,
Sabor de ser,
Sentir o invisível,
Sonhar o possível,
Simplesmente amor...

Verde,
Cheiro natural,
Vida normal,
Respirar sentidos...

Azul,
Paz inventada,
Musica guardada,
Gosto do bem...

Manu Kelé!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Sabor

Poesia transparente,
Lente da alma,
Mar da paixão.

Leve pensamento,
Sabor e fermento,
Doce emoção.

Palavra Dolorida,
Saudade florida,
Jardim da invenção.

Som e desejo,
Sabor do teu beijo,
Em meu coração...

Manu Kelé!

domingo, 16 de setembro de 2012

Pés sem chão

Pés sem chão,
Asa poética,
Voo palavra,
Pouso sentimento.
Corpo quente,
Musica estridente,
Minha semente meu amor.

Cabeça ao leu,
Som do gostar,
No meu ar
Tua geografia.
E tudo é calor,
Giro e pulsar,
pra me domar
Só teu abraço.

Manu kelé!

Sem eira nem beira

Toda palavra seca,
Sem destino de poema,
Todo som cala,
Sem destino musical.
Água do meu rio,
Poetizado desejo,
Relampejar de cores
Céu sertão mar,
Noite dia magia
Varias formas de amar,
Luz azul dia,
Destinar do caminho,
Flor do meu carinho.
Jardim do meu gostar.

Manu Kelé!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Esperando poema

Contando estrelas,
Chorando as cores,
Abrindo sóis,
Todos os dias em nós
O céu de emoção,
Coração Pulsando,
Rosar de palavras,
Todo ouvidos,
Luz sorrisos,
Nascendo mar,
Desembocando rio,
Poema renascente,
Esperança contente,
Sentir a imensidão do abraço!

Manu Kelé!

domingo, 9 de setembro de 2012

Descansei palavra

Descansei palavra,
Senti nada,
Verso deserto...

Ardeu sentido,
Dormiu ouvido,
Calou o som...

Fechou olhar,
Apagou cores,
Descoloriu flores,
Entristeceu jardim...

Sonho sonhei,
Poema acordei,
Alegria tanta,
Linda flor branca,
Sol riso Alecrim!

Manu Kelé!

Palavras de domingo

Descanso praia
Rede saia,
Missa roda,
Sol moda,
Som acalanto,
Suco frango,
Gol Flamengo,
Flores setembro,
Lua Noite,
Rua Conversa,
Sono pressa,
Mãe almoço,
Olho pescoço,
Sonho emoção,
Amizade amor coração.

Manu Kelé!

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Jardim coração

Poema certo,
Sonho deserto,
Dia de sol,
Lua do olhar,
Crescente amar,
Mar de emoção,
Dia Nascente,
Céu sorridente,
Cresce o prazer,
Mundo e calor,
A melhor flor,
Jardim coração.

Manu Kelé!

sábado, 1 de setembro de 2012

Chove

Ventam palavras doces,
Flores sorriem perfume,
Vaga-lume dança no céu.

Chove som de estrelas,
Pinga suavidade,
Poesia de verdade,
Cabe em todo coração.

Corre rio lindo verso,
Água vida mil cores,
Pra negar as minhas dores,
Respirar a criação.

Manu Kelé!



Melhor paixão

Pontinha de estrela,
Céu colorido,
No meu ouvido,
Magnifico som.

Pedacinho da lua,
Emoção cheia,
Dor que tonteia,
Saudade rosa carmim,

Céu inteiro,
Azul Certeiro,
Cupido maluco,
Melhor paixão.

Manu Kelé!