quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

A poesia

A poesia é festa
Palavras que dançam nos sentidos
Gentileza para os ouvidos
Musica para os instrumentos

A poesia é o belo
Retrato singelo
Da vida a fotografia

A poesia é tudo
O mundo
O silencio
A explosão da emoção

A poesia é nada
Vazio de saudade
Universo da verdade
Morada fugaz da mentira.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário