terça-feira, 23 de agosto de 2016

Poética verdade

Das coisas que o amor faz em nossa alma
                               Calma
                                 Paz!

Manu  Kelé!

Criação

Enquanto pensavas no que podia acontecer
Eu já amava você
De corpo e alma
Com a calma de uma estrela
Que brilha num tempo quase infinito
Mostrando o quanto é bonito
A interminável inspiração de Deus.

Manu Kelé!

Otimismo

Antes de cair no abismo
Pense no otimismo
Seja positivo
Acredite
Pois dentro de você
Existe uma força maior
Você precisa acreditar
A primeira atitude
E a virtude de se amar
Depois entregar o seu amor
Seja a quem for sem distinção
Então seu coração vai sempre voltar a pulsar feliz.

Manu Kelé!

Diz

A primeira estrela já nasceu?
A lua já apareceu?
O céu já sorriu?
A noite já saiu iluminada de mistério?
Já tentou o jeito mais livre de amar?
Viu o sol beijar o mar?
Esqueceu do tempo?
Deixou o vento do bem querer dominar você
Até gostar sem pensar em receber nada em troca?

Manu Kelé!

sábado, 20 de agosto de 2016

Lua que flutua

Que lua flutua no meu crescente desejo
Que arde querendo teu beijo de sol?
Que estrela guia esse amor
Que tem a força e o calor do universo?
Que é tão imenso não cabe nesse verso?
Que por obra do sutil destino e da emoção
Quer habitar o lugar mais lindo do teu coração.

Manu Kelé!

Fluturantes

Estrelas flutuantes
                           Luar crescente
               No céu da gente
                          Anoitecem saudades que só amanhecem
                         Com a luz e o calor
                                           Do sol do amor.

Manu Kelé!

Coisas do coração

Teu olhar me diz coisas do coração
A minha inspiração as sente atravessar a alma
Me deixando uma calma feliz
Você sempre diz te amo
Será plano do universo
Esse pleno verso
Repleto de carinho e bem querer?

Manu Kelé!