segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Cantar você

Entre as palavras a tua beleza brilha mais que o sol
E eu em todos os tons querendo cantar você!

Manu Kelé!

domingo, 22 de janeiro de 2017

Afrodite

Rio de sorrisos
A qualquer hora
Imensa alegria que aflora
Zeus já te queria assim
Imagem e semelhança de Afrodite
Ninguém resiste ao teu encanto
Homenageá-la é pura satisfação
A emoção de afirmar
Sou teu poeta
O pensador que não te esquece
Um mais que jogado aos teus pés
Sinto repito não desisto quero tanto e tanto o teu divino
Amor.

Manu Kelé!

O fim

Sentimento sem reciprocidade
Tem o fim como verdade
Mesmo que seja amor
Mesmo que cause dor.


Manu Kelé!

Terna amizade

Nenhum pensamento permanece inalterado
Vão se transformando em passado
O intenso caleidoscópio que é a vida muda o sentido das paixões
O que é fogo torna-se quase sempre amor
Conservado no calor de uma terna amizade.

Manu Kelé!

Primeira estrela do céu

Meus sentidos estão marcados da tua presença
De tanto te gostar fui criando paciência
Esperar é mar de esperança
Na dança da vida
Nossa musica favorita é nosso bem querer
Quer saber
Mesmo a primeira estrela do céu
Nunca será mais linda do que você!

Manu Kelé!

sábado, 21 de janeiro de 2017

Sol da paixão

Um gosto de fim de tarde invade minha garganta
Nem adianta tentar adiar
A noite vai chegar
Os olhares das estrelas vão fazer brilhar o tempo
Algumas coisas mudarão
Outras permanecerão
No céu do meu pensamento continuará dia
Desde sempre arde e ardia
A doce magia do sol da paixão pela vida.

Manu Kelé!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Amados amadas amores

Amar não é brincar de sentimentos
É controlar os momentos
Respeitar os interesses dos outros(as)
Saber perdoar
Se doar numa intensa tentativa de não fazer a sua vontade hegemônica
E sim uma reciproca tentativa de acerto
Pra seguir juntos o mesmo caminho mantendo o carinho
Amados amadas amores
Degustando assim os melhores sabores da vida.

Manu Kelé!