domingo, 4 de fevereiro de 2018

Você você

A gente briga e as canções de amor tocam em meu peito
Fazem meu coração estremecer
Você você
É mais que importante
É um verbo indefinido por não caber em uma simples poesia
É uma magia que não sei explicar
Ficar sem estar de boa contigo
É artigo indesejável
É uma situação descartável
Que a melhor coisa a fazer é desprezar
Pois é a mais pura verdade
Nunca jamais quero parar de te amar.

Manu Kelé!

Minha vida

Você é minha vida
Saída de toda tristeza
Certeza de amor
Você é o calor que me faz melhor
Dar a mim a sorte de todos os dias
Aguenta minhas manias
Alimenta minha esperança
é festança para inspiração
Faz meu coração criança
É meu xodó meu ré menor de minuto
Que resolve uma melodia sustenida de emoção.

Manu Kelé!

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Sorte

Tens olhos de poesia
No sorriso a magia de me conquistar
É fácil te amar
A tua pessoa é inspiração do bem
Verso feliz
Reflexo da divina alegria
Melhor companhia que a sorte poderia me dar.

Manu Kelé!



quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Dorinha Daniel

Do tempo que nos conhecemos
O carinho só tem aumentado
Rumo a uma consolidação de uma amizade verdadeira
Inspira-me as tuas ações
Na nossas vidas és uma graça
Honra-me fazer parte das incontáveis amizades
Amar é teu ato mais involuntário
Doa-se pela paz
Assumes o lado bom da vida
Nós somos gratos a Deus
Internalizemos todos os seus sonhos
Expressemos a vontade de sermos melhor
Lindamente assim como você, Dorinha Daniel!

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Zeus

Meus sentidos nos teus
Fazem inveja até a Zeus
Que não conseguiu tamanho amor
Mas seja como for
Te darei todas as estrelas
O brilho da lua
Uma rua ladrilhada de flores
E todos os amores que eu possa sentir.

Manu Kelé!

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Cada poema

As palavras deixam rastros
Pegadas ligações
Emoções apelos
Desejos infindos
Caminhos coloridos
As palavras marcam
Atingem a alma
Fazem calma
Agitação
Deixam o coração do poeta ambíguo
O risco paradoxal do sentimento
É um elemento supra importante
No instante nascedouro de cada poema.

Manu Kelé!

domingo, 21 de janeiro de 2018

A poesia

A poesia do teu olhar
Tem as cores do melhor sentimento
Tem calor
Tem o sentido do amor

Manu Kelé!