sábado, 29 de junho de 2013

Infinito tempo

Tempo infinito,
Presente passado futuro,
Mundo imensidão,
Alma corpo paixão.

Infinito tempo,
Vento cheiro teu,
Rua beco meu,
Nosso corpo um só.

Tempo infinito,
Cores da alma,
Flores da calma,
Juízo inicial.

Manu Kelé!


Descaminhos da palavra

Nos descaminhos da palavra,
Encontro cores que falam,
Flores que cantam,
Céu azulado de som.

Nos descaminhos da palavra,
Afino meu silêncio,
Miacouteando versos,
Faço dançar o vazio.

Nos descaminhos da palavra,
Sinto dor e alegria,
Em luz estrela magia
Cortando esse poema em luz.

Manu Kelé!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Gosto e magia

Acordei flor, e o calor do sol realçou as minhas cores, respirei o tempo e os sabores do azul. Meu amanhecer foi de poesia, gosto e magia do prazer de viver!

Manu Kelé!

Bom dia sol

Bom dia sol sorrindo,
Um azul inexplicável,
Ar ainda respirável,
Começo meio sem fim!

Ouvindo o melhor som,
Egberto, Milton e tom,
Coração voado em prazer.

Bom dia pra fazer melhor,
Virar a situação,
Acalmar o coração,
O povo na rua é tudo de bom!

Manu Kelé!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

domingo, 23 de junho de 2013

Poema para Mary

O vento acorda lembranças,
Saudade por inteiro,
Nem lembro se era janeiro,
Fui teu professor...
O tempo passou,
Mas as marcas do carinho não,
Nos corações ensinamentos,
Na memória os momentos,
Arte vida ser!

Manu Kelé!

sábado, 22 de junho de 2013

Ar molhado de mar

Enquanto o azul entrava pelo meu nariz, eu sentia na boca o ar molhado de mar, o gosto me fazia crer que a poesia acontece de forma concreta, meus sentidos faziam festa, passava dentro em mim feixe de luz energia positiva.

Manu Kelé!

Sensibilidade

Suave é o sentimento que deságua rio de emoção no mar da sensibilidade!

Manu Kelé!

terça-feira, 18 de junho de 2013

Suave


Suave é o verso que sente as cores das flores e traduz o amor com o aroma suave das palavras!

Manu Kelé

segunda-feira, 17 de junho de 2013

sábado, 15 de junho de 2013

Fome

Tenho fome de palavra,
Verbo desconstrução,
Tenho sede de ternura,
Doce inspiração...

Tenho gosto das cores,
Luz amanhecer,
Tenho muitos amores,
Estrela anoitecer...

Tenho fome de palavra,
Pão vida justiça,
Tenho a dor da incerteza,
Utópico fim da cobiça...

Manu Kelé!

Doce poeta

Doce é o poeta,
De palavras brilhantes,
De sol e paixões gigantes...

Poeta é doce,
Pensamento vermelho maduro,
Sentimentos por cima do muro,
Respiração azul celestial...

Doce é o poeta,
Não contem um abraço,
Caminha no compasso,
De tocar um tempo feliz...

Manu Kelé !

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Toda paixão

Cego de palavra,
Sentido aberto,
Céu coberto,
Carneirinhos...

Mudo de visão,
Tato livre,
Deus me livre,
Escuridão...

Gosto fechado,
Flor da pele,
Sol que revele,
Toda paixão...

Manu Kelé!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Caí a tarde

A tarde cai,
A saudade abril
Portas e sentidos,
Nos meus ouvidos,
O som do sol.
Céu laranja
A franja do mar,
Bordada areia ,
Na veia corre musica.
Suave verdade,
Sou nota dissonante,
A cada instante,
Respiro tocante luz.

Manu Kelé!

domingo, 9 de junho de 2013

Sentidos inexplicáveis

Antes do pensamento, existem sentidos inexplicáveis que só a poesia consegue alcançar!

Manu Kelé!

Amo amar você

Procuro palavras,
Encontro estrelas,
Procuro som,
Encontro sol,
Procuro dom,
Encontro cores,
Procuro inverno,
Encontro amores,
Procuro poesia,
Encontro flor macia,
Procuro nada,
Encontro a terna magia,
Amo amar você!

Manu Kelé!

Transformações

Sonhei que as palavras se transformavam em flores, cada uma com um perfume diferente, cores mil que preenchiam o vazio poético que queria crescer em mim. No lindo jardim ainda havia borboletas brilhantes. Era noite naquele lugar e tudo tava iluminado, o céu tão baixo que quase dava pra tocar as estrelas. Respirava cores me coloria, tocava estrelas dormia. Tudo parecia tão real, infelizmente quando acordei, minha casa estava virada de ponta a cabeça, todos os moveis fora do lugar!As reformas as vezes causam transformações de doer a alma!

Manu Kelé!

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Mundo sem fim

Rio cruzado,
Peixe vadio,
mergulho vazio,
Imagem ação...

Céu voado,
Gosto passarinho,
Canto cedinho,
Cores solar...

Terra plantada,
Vida flor,
A cor do amor,
Dança arco-íris...

Mar áurea tua,
Nossa energia,
Luz e magia,
Mundo sem fim...

Manu Kelé!



terça-feira, 4 de junho de 2013

domingo, 2 de junho de 2013

Poema alado

Palavras pintadas areia,
Cheiro de flores emoção,
Voo de carinho certeiro,
Azul celeste coração...

Giro som esperança,
Dança de girassóis,
Campo verde alecrim,
Borboleta suave dança....

Sorriso sol prateado,
Natureza inicio caminho,
Sentido labirinto encontro,
Pensamento poema alado..

Manu Kelé!