quarta-feira, 30 de junho de 2010

Memória da pele

Memória da pele,
Sentido ligado,
Respiro poemas,
Sonho acordado!

Memória da pele,
Coração vadio,
Asas doces leve,
Um amor sadio!

Memória da pele,
Palavras de paixão,
Um toque de sentimento,
Em nosso coração!

Manu Kelé!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Poesia leve


Poesia leve,
Palavras soltas,
revoar de pássaros,
Verde de encher os olhos.
Açude cheio,
Chuva fria,
Pensamento vagaroso,
Vagalume iluminando a noite,
O céu pintado de estrelas,
O sono na porta do pensamento,
O alimento feito na lenha,
Com as mãos amorosas da tia Nenem!

Manu Kelé!