quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Boa noite

Boa noite,
Com flores estreladas,
Brilhar de perfume,
Lume do teu olhar.
Boa noite,
Com borboletas arco-iris,
Cores musicais,
íris do olhar lunar.
Boa noite,
Som de mar,
Macies de flores,
Gosto de amores,
Esperança no ar...

Manu Kelé!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Cheiro

O cheiro da noite,
Perfume da chuva,
Gotas da esperança,
Rio sinuoso da emoção.
Sentimento nuvem,
Passagem molhada,
Estrada do verso,
Doce esperança,
Festança de peixe,
Sede de luz,
Tempo infindo,
Traduzido mar de amor!

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Som

Esticar palavra,
Verso menino,
Sensação verdadeira,
Certeiro olhar...

Semear palavra,
Sentido aguçado
Sol despertado,
Jardim coração...

Viver palavra,
Brotar fruta boa,
Som da pessoa,
Você em mim...

Manu Kelé!

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Menina flor

Menina flor,
Vestido colorido,
Céu do olhar atrevido,
Sinuoso caminhar...

Flor menina,
Estrela afro black,
Como eu não me apegue?
Ao teu sorriso de encantar?

Menina flor,
Mar sol jardim,
Poesia em mim,
Beleza de inspirar...

Manu kelé!

Fly me to the moon

Espero sol do olhar,
Secar lágrima paixão,
Voar novos caminhos,
Regar flor emoção...
Espero novo tempo,
Perfumes dias cores,
Sentimento rio perene,
Inspirando novos amores...
Espero ar poesia,
Moderno som viver,
Ouvir Fly me to the moon,
Jazz de Sarah amanhecer...

Manu Kelé!

Alegre brilhar

Te ver é tão bom,
Poema perfeito,
Bate no peito,
Emoção sem fim...

É tão bom te ver,
Colori jardim interno,
Faz no sertão inverno,
Floresce linda canção...

Te ver é tão bom,
Ascende a noite azul,
Estrelas cruzeiro do sul,
Dançam alegre brilhar...

Manu Kelé!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

O tempo

O tempo me vem como espelho,
Imagem passado presente,
Histórias de um eu diferente,
Emaranhados de paixões e amor.

O tempo me vem inventado,
Criação da humanidade,
As vezes me soa verdade,
Outras mentiras de esquecer.

O tempo me tem dentro dele,
Procuro parar ou seguir,
Conseguir dominá-lo impossível,
Por isso prefiro sorrir...

Manu Kelé!

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Brisa




Linhas vento brisa,
lindas mãos macias,
Desenho reflexo alma...
Calma de mãe,
Coração de cuidar,
Melhor lugar,
Leite força tua...
No mundo da imaginação,
A rua é só flores,
As dores de crescer,
Giram as cores de aprender,
E todo dia nasce carinho,
Beijinho abraço gostoso,
Luciana e Brisa,
O tempo nos avisa,
Amar é vital...

Manu Kelé!

Bike

Saí em disparada na minha bike,
O verde entrou pelas minhas narinas,
Senti o mangue atravessando meus sentidos,
Os sons da natureza tomaram forma de poesia,
Pássaros cantavam,
Soins assobiavam,
Algumas pessoas diziam bom dia,
Por cima de mim um azul meio escondido,
E com alegria te digo, ontem e hoje choveu no Ceará!

Manu Kelé!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Difícil acordar

Enquanto eu voava,
As estrelas acariciavam minha pele com luz macia,
A lua cantava sua cor,
O céu era um chão azul,
O chão era um céu verde,
Não havia paredes na imaginação,
O coração batia frequência infinita,
Eu respirava o som da bendita e terna,
Sensação de amar,,,
Assim, assim foi difícil acordar!

Manu Kelé!

Até quando?

A noite vem,
Entre estrelas molhadas,
O sertão da rizadas,
Mais uma vez foi preciso,
E Deus chorou,
Lágrimas se transformarão em verde,
As pessoas vão pegar a rede,
Terá peixe e feijão?
Se alegra coração?
Minha emoção política,
Se inunda de critica,
Se os políticos só pensam nos seus?
Até quando esperar por Deus?

Manu Kelé!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Quilombo interno

Quilombo interno,
Afirmação beleza,
Sou certeza e cor,
Mãe África...

Quilombo interno,
A dor da verdade,
Idade da mudança,
Dança libertária...

Quilombo interno,
Capoeira magia,
Vitória etnia,
Afro Brasil Orixás...

Manu Kelé!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Pensamentos flamejantes

Quero acalmar palavras,
Pensamentos flamejantes,
Sol sinuante,
Calor teu.
Quero domar caminho selvagem, meu desejo,
Desenho colorido do beijo,
Me inundar do teu mar,
Sentir o amor a natureza,
Fazer brilhar a beleza,
Entrelaço áureas gêmeas,
Brilhando mesma cor.

Manu Kelé!

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Sol girado

"Mando uma flor de maracujá, pra aquela menina, menina me amar"!
Céu verdinho, frio na barriga,
Quando a vejo tudo se transforma,
É poesia encantamento,
Venta cheiro cor e voz,
O tempo para,
Vem de dentro,
Calor de sol girado,
Sonho acordado,
Flores estreladas ao luar!

Manu Kelé!

Eu poeta

Eu poeta,
Profeta de sangue e palavra,
Cravo tatuo na alma uma verdade:
O amor é sentimento infinito.
Bonito que aconteça,
Jamais esfrie o céu da paixão,
Dando cores ao coração,
Ressuscitando flor resistência,
Renovando o bem querer,
Assim vamos tecer melhores dias,
Fazer valer a vontade de Deus que anuncia:
Ame a próxima como a ti mesmo!

Manu Kelé!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Cores simplicidade

Agradeço tua beleza,
Com asas beija-flor,
Voo Estrelas e lua,
Com ciranda pela rua.

Agradeço beleza tua,
Cores simplicidade,
Com fio da verdade,
Seus segredos dão mar.

Agradeço tua beleza,
Semente rio emoção,
Sol cor inspiração,
Com verso de infinta leveza.

Manu Kelé!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Relaxe

Conte os carneirinhos no céu,
Eleve seu pensamento estado alfa,
Ouça o som das flores,
Entonteça o verso,
Rode estrelas gire lua,
Na rua do seu sonho, plante cores de alegria,
Quando acordar estará na companhia,
De quem cuida de você, com mais verdadeiro amor!

Manu Kelé

Meu tempo é hoje

Meu tempo é hoje,
Acordei meu melhor,
Sorriso pra todos,
Pensamento positivo.
Mesmo com o bolso negativo,
Mas se dinheiro fosse tudo,
Os ricos de milhões comeriam mortadela
No butiquim da esquina,
E não sofreriam do coração,
A emoção de estar com saúde é tudo,
E Deus me deixa mudo,
Sem nenhuma palavra,
Por que a safra do meu amor,
Aumenta num infinito sentido do que sou!

Manu Kelé!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Ritmo de flores

Meu relógio esqueceu o tempo,
O pensamento vagou no espaço,
Na geografia de mim, tudo era apenas azul,
Vibração som e cheiro,
Numa quente noite de fevereiro,
O meu coração vibrou em ritmo de flores.

Manu Kelé!

Chover

Nuveia senhor o céu,
Desmancha o azul só por uns dias,
As cacimbas do povo precisam de luz,
As vaquinhas e carneirinhos estão com fome,
E esses políticos que nem digo nome,
Faz trocar aquários por potes,
Shows por cisternas,
Pra que o povo não sinta tanta pressa,
De fazer o céu chorar com a alegria de chover!

Manu Kelé!

Tarde

Toda tarde,
Gosto de romã,
Boca de forno,
Uva e maçã.
Gritos de alegria,
Criançada agita cores,
Sabores de um céu encarnado.
Guardado segredo,
No terreiro
Sou rico rico, pobre, pobre...
De marré de si!


Manu Kelé!

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Asas do ar

Nas profundezas céu e palavra,
Nas noites quentes as cores do amor,
Frutos ardentes do sol madrugada,
Flor acalmando tristeza e dor.
Nas ternas asas do ar a beleza,
Toda certeza do eterno gostar,
E eu viajo na pura poesia,
Fazendo festa no teu olhar.

Manu Kelé!

Sol rosa carmim

Corpo no corpo,
Caricias denguim,
Teu pulsar em mim,
Tempo infinito.

Poros molhados,
Lágrimas alegria,
Pura magia,
Cheiro de nós,

Sentido aguçado,
Curvas do desejo,
Êxtase do beijo,
Sol rosa carmim.

Manu Kelé!


sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Horizonte rosa

O sol dormiu,
Brilhou nova lua
Acalmou a rua
Acariciou o mar

O sol dormiu,
Coloriu a esperança,
O amarelo nos alcança
O azul terce o ar.

O sol dormiu,
Sonhou horizonte rosa,
Do teu corpo abriu a porta,
O meu coração fez voar.

Manu Kelé!