quarta-feira, 31 de março de 2010

Borboletas arco-íris

Borboletas arco-íris,
Poemas esvoaçantes,
Palavras tocadas de amor!

Flores sentimentais,
Jardins falantes...
Sentimentos vibrantes,
A poesia viva dentro de nós!

Manu Kelé!

quarta-feira, 24 de março de 2010

Poema derretido

As vezes sou poema derretido,
Lágrimas...
Amarelo flor...
Sentimento de saudade...
Capaz de chover devagarinho,
Molhando toda alma de dor!

Manu Kelé

terça-feira, 23 de março de 2010

Corpo e alma

Imensa saudade,
Falta sem fim,
Tato da tua pele,
Teu sorriso em mim.

Tamanha saudade,
Olhar caramelo,
Palavras de carinho,
Sorriso sincero.

Doce saudade,
Aderência e teu cheiro,
A memória poética.
Corpo e alma por inteiro!

Manu Kelé!