domingo, 20 de novembro de 2016

Sorriso

Nas cores do teu sorriso
Estampadas nesse verso
Borboleto-me confesso
Voo de tanta alegria
És tão suave magia
Flor de extrema beleza
Da arte toda leveza
Musa encanto
Estremada poesia.

Manu Kelé!

Monstro gigante

Me dar uma palavra por favor
Uma que me der calor
Que faça lembrar boas coisas
Que transmita as cores do mundo
Segundo sem fim
Tempo esquecido em mim
Me diz pois estou com preguiça será que é bom?
Talvés seja intrigante?
Já que o monstro gigante não nos permite ser assim!

Manu Kelé!

Vitor Ramil

Silenciei pra esperar as estrelas
Alma aberta pra sentir toda luz
As cores da noite tomarão conta de mim
Ficarei assim
Astronauta lírico
Tal maravilhosa canção de Vitor Ramil!

Manu Kelé!

A dor

A dor que me esquece
A dor que me aquece
A dor de ser o que sou
Poeta sonhador fingidor
A dor de não voar
A dor de se entregar
A dor de chorar a saudade
A dor da grande verdade
Nasci pra poetizar.

Manu Kelé!

Deitado

Depois da semana inteira de trabalho
Extasiado com tanta beleza desse mundo
Instantes de silêncio não fazem mal a ninguém
Toda respiração profunda
Amar a sí e aos outros sons do mundo
Deitado assim em berço explendido dar uma certeza maravilhosa
O domingo vai ser marcantemente de aprendizado.

Manu Kelé!

Natural

Quando se ama de verdade
É natural
Sem cobrança
Sem esforço
Sem reembolço do que se deu
Mas não é tão fácil assim
És pra mim esse desejo
Amar natural
Pra que seja absolutamente normal
Pensar tanto assim na tua tão linda pessoa.

Manu Kelé!


sábado, 19 de novembro de 2016

Começo meio ou fim

Nem meio termo
Nem meio tom
O amor quando é bom inteiro
Luar de crescente desejo
Relampejo de estrela no céu
Mel de adoçar tudo que ruim
E transformar na esperança
De se gostar de verdade
Pois pra se amar não tem idade
Nem começo meio ou fim!

Manu Kelé!

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Já é verso

Quando uma folha se bole já é verso
Universo pássaro patativa
Ativa inspiração de fazer a emoção vibrar nas palavras
Amada
Amado
Do lado que for
O amor quando é crescente em verdades
Faz a gente esquecer os defeitos valorizando as qualidades.

Manu Kelé!

Supremo amor

A lembrança do teu sorriso encantou esse novo dia
Que faz resnascer em mim o desejo de te gostar
Maior que céu maior que o mar
No universo não há estrela mais brilhante
Valioso diamante
Nem o sol tem mais calor
Do que o nosso supremo verdadeiro amor!

Manu Kelé!

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Dor

Dilacerado momento
Ondas de sofrimento
Rios de larva queimando a felicidade.

Manu Kelé!

Olhar estrelar

Uma estrela me olhou
Com toda emoção
Iluminou meu coração
Guiou meu pensamento

Sorri com seu carinho
Minha alma ficou feliz
Com encanto ela me diz
Naci pra te amar

Relaxei ouvindo o mar
Viajei na imensidão
Com tanta inspiração
Foi fácil me apaixonar.

Manu Kelé!

domingo, 13 de novembro de 2016

Noite estrelada

Noite estrelada
Um calor de arrazar
Ouço você chamar meu nome
Mesmo no pensamento
O vento sopra o som da nossa saudade
Que arde lua mais linda
Crescente certeza da reciprocidade do nosso gostar!

Manu Kelé

O silêncio diz

As vezes o silêncio nos diz coisas que a gente nem quer ouvir!

Manu Kelé!

terça-feira, 8 de novembro de 2016

O sol sorriu

O sol sorriu
Manhã chegou
Despertou
Positiva energia
Que contagia
Nosso viver

Tu é estrela
Flor que coloriu o meu caminho
O teu amor
O teu carinho
Melhora o meu astral
Te sinto assim tão natural

Vamos cantar a emoção
Reguiar o coração
Fazer um lindo anoitecer
Celebrando a alegria do nosso bem querer!

Manu Kelé!

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Estações

Faz dia no teu olhar
Faz céu na tua áurea
Faz todas as estações
Nas emoções de te sentir.

Manu Kelé!

Resplandecer

O resplandecer
Da tua beleza
É leveza
De fazer nascer o sol
Vibra meu coração
É suave canção
Que encanta céu e mar

Manu kelé!

Experiência

A experiência de te sentir é emoção que eleva a minha alma!

Manu Kelé!

Que assim seja

Luar de crescente beleza
Fortaleza arte do céu
Emoção brilhante prateada
Doce amada de trova e verso
Humildemente te peço
Ilumina nosso querer
Nos preenche de amor positivo
Abençoa o nosso viver
Agora é para todo sempre
Que assim seja!

Manu Kelé

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Tu és

Tu és
Divina graciosa
Magestosa flor
De carinho
Eu botão
De coração e alma
Jogado aos teus pés! 

Manu kelé!

Onde encontrar palavras?

Sinceramente não sei mais onde encontrar as palavras
Tem horas que elas voam
Se transformam
Borboletas formigas carocóis
Pedras árvores sementes
Céu sol serpentes
Gente alucinação
Meu coração devaneia
O silencio me aperreia
Pra acalmar a inspiração!

Manu Kelé!

Perfeição

A força que segura as extrelas
Que gera o amor em nós
A Luz que conduz a certeza
Que brilha dentro dos sóis
Ascende esse desejo
De tanto te bem querer
Do universo a doce certeza
A perfeição reluz em você.

Manu Kelé!

Alma mergulhada

Meio dia e vinte e oito
O segundos estão passando apressados
Melhor que fosse tudo silêncio
Extremo vázio de preocupação
O coração batendo simplesmente
A mente tranquila calma
A alma mergulhada na certeza da paz.

Manu Kelé!

Onde vai dar?

Lágrimas
Nem sei contar
Rio mar
Onde vai dar?
Essa emoção de te querer?
Mesmo sem saber
É maravilhoso viver seja como for
Esse  maravilhoso extremado amor!

Manu Kelé!



Azul extremo

Lá fora faz um azul extremo
Dentro de mim muitas cores
Sabores
Sons
Dons
Inspirações
Doces emoções
Das canções que me inspiram por ti.

Manu Kelé!