sexta-feira, 29 de abril de 2016

Te sentir

Te sentir
             É lindo poema
             Que a palavra não alcança
              É emoção fascinante
              Estrela Cintilante
              É céu do meu gostar.

Manu Kelé!

Parecia ilusão

Os meus sentidos
Se esvaindo em cores
Os sabores do amor
Brilhando na minha alma
Tudo parecia ilusão
Mas era a verdade do amor
Vibrando em meu coração.

Manu Kelé!

Beira do mundo

Na beira daquele mundo
Palavras nuas
Ruas vazias
Tudo parecia triste
Mas no céu havia
Sol de esperança
Forte lembrança do amor
E tudo se transformou
Ruas floridas
Palavras vestidas
O mundo quis ter
As cores do bem querer.

Manu Kelé!

Poesia da tua beleza

A poesia da tua beleza
Não cabe nesse verso
É maior que o universo
É tão linda quanto o mar.

Manu Kelé!

Gosto de amor

Um gosto de amor
No céu da boca da palavra
E o verso estremeceu de emoção
Coloriu sua imensidão
Vibrou seu universo.

Manu Kelé!

Som do nascer do sol

As estradas das minhas palavras
Estão ladrilhadas de amor
Quando sinto teu coração
Me preencho do  teu calor
Oh linda flor desse verso
Borboleta caleidoscópica
Cores de te querer
Alegria de te ver
É beleza memorável
Poesia comparável
Ao som do nascer do sol.

Manu Kelé!

Intensa cor

O azul que cabe em mim
O céu que saí de nós
Amarelo girassol
Alma de rouxinol
Canto suave emoção
Asas do coração
Borboletas de sorrisos
Mar intensa cor
Toda verdade do amor.

Manu Kelé!

Sete

Sete palavras
Sete versos
Loucura confessa
Pra que na vida ter pressa?
Nem dezembro nem março
Nem janeiro nem fevereiro
O tempo do poema é gostoso
Com um amor verdadeiro.

Manu Kelé!

Canta o azul

Brilham flores
Alegram-se estrelas
Florescem sóis de carinho
Canta o azul de emoção
Pois o céu do meu coração
Não consegue mesmo esconder
Todo o ar que respira
É repleto de amor por você.

Manu Kelé!

Poema simples

Simples poema
Diz uma imensidão
Revela o coração
Transparece amor

Poema simples
Quase silencioso
Um toque gostoso
Palavras de carinho

Simples poema
Repleto de cores
Na alma das flores
No céu da tua emoção.

Manu Kelé!

Um anjo

Um anjo me falou no sonho:
- O destino traçou tua vida
Na verdade a poesia te usa
Pra tu fazer feliz tua musa
No sonho silenciei
Porque acordado já sei
Não consigo mesmo negar
O sentido dessa vida é te amar.

Manu Kelé!

Te gosto

Te gosto de montão
Universo
Imensidão
Estrelas  constelação
Céu inteiro de carinho

Manu Kelé!

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Sina profética

Nunca fico sem fazer nada
Porque só pensar em você
Já preenche todos os meus
Espaços
Passos
Sentidos
Ideias
Inspirações
Toda sensação poética
Da sina profética de te amar.

Manu Kelé!

Sensações marcantes

A poesia abre o dia
Vai tomando formas lindas
Cores exuberantes
Sensações marcantes emoção
Meu coração vai se tornando zen
Penso no meu bem
Sigo a vida
E a partida pra enfrentar a dura realidade
Vou te confessar a verdade
E acreditar e viver
Esse lindo amor que sinto por você!

Manu Kelé!

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Estrelas dormem?

Se as estrelas dormem nem sei
Só sei que sonho acordado 
Com esse nosso amor
Iluminado de poesia 

Manu Kelé!

Sim

Que poesia nos deixa acordado até sentir o gosto do sol?
Que poesia nos faz voar de sentir tanta beleza?
Que poesia poderia te dar a certeza da imensidão do meu amor? 
Que poesia poderia trazer o teu calor pra bem pertinho de mim? 
Me diz 
Serei teu poeta
De inspiração 
De versos eterno 
Sem fim!

Manu Kelé

Tempos infinitos

Acredito mesmo que amar é graça divina
Pois nos ensina agostar com aprofundamento
Em Sentimento marcado
Nos tempos infinitos da alma!

Manu Kelé!

domingo, 24 de abril de 2016

Respirando

No suor da palavra
No calor do amor
Na partilha da emoção
A inspiração se refaz
Nos traz felicidade
Nos alivia o cansaço
Nos quer em seus braços
Respirando o mais profundo amor.

Manu Kelé!

sábado, 23 de abril de 2016

Bora gato

Embola gato
Retorcidas palavras
Felinas aveturas
Doce canduras
Verbo rosnado
Poesia de sete vidas.

Manu Kelé!

Salve Jorge

Salve a lua de São Jorge
Salve esse santo guerreiro
Salve todos os terreiros
Salve

Salve filhos de Umbanda
Salve a nossa inspiração
De acalmar o coração
Pra vibrar a melhores dias
Salve

Salve a noite
Salve o dia
Salve a boa companhia
De todos os nossos ancestrais
Salve

Manu Kelé!

Te gosto de montão

Sinto um gosto de céu nas palavras
Voo feliz
Quando você me diz
Te gosto de montão
O meu coração dispara
A inspiração não para
Tudo vira mar de poesia.

Manu Kelé!

Nem sei

Nem sei se é mar
Nem sei se é sol
O meu amor é assim tão imenso
Que não cabe nesse verso
Nem sei se cabe no universo
Nem sei se cabe na emoção
Mas sei que ele cabe bem direitinho dentro do teu coração.

Manu Kelé!

Arte divina

Te ver é sol de poesia
Ilumina o céu das palavras
Aquece a inspiração
Faz mar de emoção na minha alma.

Te ver é tão bom
Tom certo
Melodia linda
Musica para os meus olhos

Te ver me faz bem
Também quem não ficaria feliz
Diante de um arte tão divina?

Manu Kelé!

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Uma estrela

Conversei com uma estrela
Senti sua luz
Me envolvi com o seu carinho
Fez brilho e calor no meu ninho
Voei mesmo de amor
Pousei o coração de inspiração
Viajando infinito
Na constelação do seu bem querer.

Manu Kelé!

Maior verdade

Tudo aqui
Céu
Universo
Esse verso medonho
Meu sonho
Que o amor nos transforme
Conforme sua vontade
Que ele Seja a maior verdade
Pulsante em nossa alma.

Manu Kelé!

terça-feira, 19 de abril de 2016

Eterno amor

A lua silenciou
A estrela clareou um lindo sorriso
As nuvens choveram de emoção
O coração do universo
Pulsava um verso feliz
Tudo isso se deu com fevor
Porque Deus os contagiou com o seu eterno amor.

Manu Kelé!

Que misterios

Que mistérios esconde o teu olhar?
De cor tão magnifica
Positiva magia
Poesia suave
Singeleza da emoção
Nave perfeita da inspiração.

Manu Kelé!

Diz o poema

Diz o poema
Que as cores da alma se reflete na vida
Que a alegria não é pra ficar escondida
Que a saída pra dor é pensar o bem
Ser ativo
Ser positivo
Abraçar com calor
Cultivar o verdadeiro amor.

Manu Kelé!

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Lindo sol

Ela até parecia normal 
Mas um dia a poesia quis se soltar
De tão livre
Brilhou estrela
Cresceu lua
Amanheceu na rua
Um lindo sol de amor.

Manu Kelé!

Anomalia

A loucura é uma anomalia
Age involuntariamente
De repente dar vida as palavras
Transformando o extremo absurdo
Em infinita beleza levemente sentida.

Manu Kelé!

Coração de Deus

As cores do mar tocavam a pele
Coloriam a minha alma
O vento a calma
Me faziam lembrar o criador
Os seus carinhos
O seu olhar
Acredito que todo astro do universo
É verso dos seus cuidados
Somos todos guardados no coração do Deus.

Manu Kelé!

De lua

Estou de lua
Estrela vadia
Nuvem sem céu
O leu é o meu melhor lugar
Mas se te encontrar
Serei poesia
Mergulharei  por inteiro na magia do teu olhar.

Manu Kelé!

Sentimento infinito

Dezessete horas
Vinte e um minutos
Um novo poema nasce
Vai habitar a memória de quem não sentir
Felicitar a alma de quem gostar
Fazer nada na sensação daquele que não ler
Aguçar a curiosidade de  quem não entender
Amar é um sentimento infinito...

Manu Kelé!

Milhas

Milhas e milhas
Trilhadas no meu mais profundo
Revelou que o mundo
Poderá ser bem menor
Que o universo do amor que a gente consiga eternizar.

Manu Kelé!

Astro rei

O sol nem vi
Onde está?
Nem ligou nem apareceu
Tirou um dia de sossego
Até ele precisa parar
Olhar tanta coisa errada que acontece nessa terra
Injustiça desigualdade exploração
Da mesmo pra cansar até mesmo o astro rei.

Manu Kelé!

Trancende

Quero esquecer a hora
O minuto
O segundo
Sair do mundo platônico
Respirar de alma e coração
Toda transformação que esse amor
Transcende em mim.

Manu Kelé!

Exato céu

Exato é o céu
De azul e beleza
Real é a certeza do nosso amor
De cores caleidoscópicas
Metamorfose liquefeita
Viagem perfeita
Por dentro de nós

Manu Kelé!

Obra magnifica

A poesia em harmonia com o universo
Sopra esse verso pra colorir o teu coração
A emoção de te querer
Me faz perceber as cores do dia
Com uma magia singular
Pela lente do amor enxergo tua verdadeira beleza
Que é com toda certeza obra magnifica de Deus.

Manu Kelé!

domingo, 17 de abril de 2016

Raiando o dia

Quase raiando o dia no templo da poesia
A tua beleza extrema
Brilha como o sol
Quero ser rouxinol
Canário galo campina
Pra cumprir a minha sina
De cantar pro teu coração.

Manu Kelé!

Calma paz

Poética
Profética 
Frenética 
Coração 
Emoção 
Inspiração
Cores 
Sabores 
Amores
Sinestesia 
Harmonia
Magia 
Alma 
Calma 
Paz

Manu Kelé!

Qualquer parte

O rio do teu olhar
As cores da tua áurea
A energia da tua beleza
A certeza que une esse verso
O confesso bem querer
Eu em você
Habitando em qualquer parte do teu coração.

Manu Kelé!

Aí eu não sei

As palavras me dominam 
Não me deixam em paz
Enquanto a inspiração não faz um novo verso
Ficam querendo me enlouquecer
Aí não sei mesmo o que fazer
Melhor atender 
Inspirar-me da tua beleza
E encantá-las com a certeza do nosso amor.

Manu Kelé!

Cochilar

Minha poesia está tão preguiçosa
Que não consegue transformar nenhuma letra em estrela
Deixando apagado o céu da inspiração
Ainda bem que tá na hora de fazer cochilar o verso.

Manu Kelé!

Universo do seu coração

Quadrado era o sol do verso
Retangular o seu olhar
Diagonal o seu desejo
Seu beijo triangular
Esférico
Holístico
circular
Representava o melhor
Da emoção
Do universo do seu coração.

Manu Kelé!

sábado, 16 de abril de 2016

Beleza e flor

Quando o meu coração te escolheu
Na minha alma nasceu uma semente de carinho
Então formamos nosso ninho
De beleza e flor
Tem dias bons dias melhores
Pode haver até dias piores
Mas seja como for
O importante é estar feliz com meu amor.

Manu Kelé!

Crescente

Nem sei qual lua fazia no teu olhar
Minguante nova ou crescente
O que aconteceu de repente
É que ele ascendeu a minha inspiração
O meu coração poeta
Fez festa uma eternidade
Esqueci de tudo que tinha na cidade
Esqueci até de mim
E viajei assim universo a dentro do nosso amor.

Manu Kelé!

Lua crescente amor

Você mar sem fim
Oceano em mim
Desejo  sedução
Estrela do caminho
Flor de carinho
Musa mater da inspiração
Lua crescente amor.

Manu Kelé!

Soprei

Entardeci um verso
Soprei  nele calor
A cor do sol
O azul da minha saudade
Agora arde em seu coração uma magia
Delicada sentida
Cheia de amor.

Manu Kelé!

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Maravilhosa

Muitas palavras
Alcançam o pensamento
Rezo agradecendo ao universo
A verdade que está em nós
Vale a pena amar
Infinitamente
Livremente
Homenageando a vida
Seja na sua mais profunda busca
A imagem refletida do verdadeiro amor!

Manu Kelé!

Ócio

O tempo vai ser meu escravo
Vou cravar horas seguidas sem fazer nada
Apagar todos os pensamentos
Pairar sobre o vento
Fazer do ócio  minha melhor ação.

Manu Kelé!

Centro dos sentidos

No centro dos meus sentidos
Tua beleza floresce
O meu carinho cresce
Delicado como o luar

No melhor da minha alma
Reside a tua calma
Teu sorriso
Teu olhar

No sol da minha vida
Você é quem dar a energia
A transforma em alegria
 Me faz feliz por te amar.

Manu Kelé!

Todas as cores

O sol do meio dia
Ardia em descompassado tempo
Nem era lamento
Nem mesmo dor no poema
Era uma extrema alegria
Pois com sua doce magia
O amor brilhava supremo
Com sua linda calma
Preenchendo com todas as cores minha alma.

Manu Kelé!



Maior que o céu

Não sou perfeito
Mas eu te amo
Se reclamo a tua atenção
É porque o meu coração
Não sabe ficar sem você

Até teu silencio me deixa feliz
E as palavras nem sei dizer
Porque gostar de você
É assim tão infinito
Que as vezes repito
Nem quero parar
Amo você, amo você...
Maior que o céu
Maior que o mar.

Manu Kelé!

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Sinto oceano

Enquanto as estrelas iluminam essa noite quente
Penso na semente
Que o destino semeou
Meu bem querer brotou
Nem sei se foi do primeiro olhar
Nem por te respirar de alma inteira
Não lembro foi sexta-feira
Se tinha musica no ar
Só que o sinto um oceano
Nem estava em meus planos
Dentro de mim encantar
Esse imenso mar de te amar.

Manu Kelé!


Cantiga de grilo

A tarde parece não passar
A saudade deixa um sabor colorido na minha alma
É que gostar de você me acalma
Me faz pensar no azul
E todo sul do meu pensamento
Fica tranquilo
Que nem  cantiga de grilo
Só viajando na certeza do nosso amor!

Manu Kelé!

Ninho de carinho

O amor é passarinho
Que pousou na emoção
Libertou o meu sorriso
Voou na minha imensidão

O amor é passarinho
Aguçou inspiração
Fez um ninho de carinho
Dentro do meu coração.

Manu Kelé!

Holística

Holística
Toda poesia
Magia circular
Céu dos sentidos.

Manu Kelé!

Maior que o sol

Esse amor maior que o sol
Ilumina nossas almas
Deslumbra a inspiração
Embeleza o coração
Faz tudo ser bem melhor

Esse amor maior que o céu
É repleto de poesia
Tem linda doce magia
É dom que nos faz feliz.


Manu Kelé!

Te quero

Te quero por inteiro
De dezembro a janeiro
Te quero em corpo e alma
Suave vida calma
Te quero lindamente
Como a imensidão do mar
Te  quero muito mais
Do que consiga poetizar.

Manu Kelé!

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Cidade de cristal

Uma estrela aguçava o seu carinho no meu céu
Eu estava coberto de azul
Era uma noite apaixonante
A lua ainda crescia lindamente no horizonte
Defronte do amor
Sentia o teu calor na minha inspiração
O sonho era pura emoção
Voávamos de felicidade
Por uma cidade de cristal.

Manu Kelé!

Oceano

Em um oceano de palavras foram pescadas quatro letras que poderão salvar o mundo
                                     A
                                          M
                                                O
                                                    R
Manu Kelé!
                                             

Ação desgovernada

Lá fora faz um azul de poetizar a tarde
Aqui dentro arde uma inquietude
Por que o amor tem essa ação desgovernada em mim?
Eu te gosto tanto tanto assim sem explicação
Constelação
Luar
E um crescente desejo de sermos um só...

Manu Kelé!

Verso de amor

Antes do sol nascer
Já penso em você
Que é pura poesia
De alegrar o dia
De estrelar a noite
Acalmar a lua
De florir a rua desse verso de amor.

Manu Kelé!


Os silêncios

Os silêncios
      Se acalmavam dentro das palavras
       A emoção
           Reluzia os sentidos
O amor as coloria
           Enquanto fazia um lindo dia de sol em cada sorriso.

Manu Kelé!


     

Imagens do bem

No teu olhar girassóis
Alcançando minha alma
Guiando poesia
Liberdade e sorrisos
Imagens do bem
Tua força
Ajuda a construir a minha inspiração.

Manu Kelé!

Você merece

Você merece maravilhas
Estrelas no céu
Uma lua de prata
Diamante pedrarias
Pois tu me contagias
Reacende o meu amor
Simplesmente por existir.

Manu Kelé

Verso torto

Esse verso torto
Penetra reto
Retina a dentro
Do meu ego
Bem te quero
Mal te quero
Nos segundos indefinidos
Da minha paradoxal humanidade.

Manu  Kelé!

terça-feira, 12 de abril de 2016

Te encontrar

Te encontrar foi poesia
De aguçar palavras 
De mudar sentidos 
De afinar ouvidos 
Com a tua voz 

Te encontrar foi nós 
Tecendo mesmo sentido
Do caminho percorrido 
Mar a dentro de se gostar 

Te encontrar foi sensação
Tão linda quanto flor
Foi semente 
Foi a gente sentindo
Um lindo e suave mar de amor.

Manu Kelé

Palavra

A palavra abriu o coração
Se mostrou completamente apaixonada
Não conseguiu dizer mais nada
Intensamente só respirava amor.

Manu Kelé!

Indelevelmente

Indelevelmente você está em mim
Tão mar
Tão céu
Tão constelação de carinho
Me preenchendo todinho
Suavemente de amor.

Manu Kelé!

segunda-feira, 11 de abril de 2016

As flores do teu sorriso

Não é setembro
Nem dezembro
Mas é primavera no meu céu
As flores do teu sorriso
Coloriram minha alma
Agora a calma me faz zen
Também quem resistiria
A essa beleza imensa como o universo?

Manu Kelé!

Espelho d´água

Teus olhos espelho d´água
Que ameniza a minha sede de poesia
E esvazia a tristeza
Que a correnteza da alegria levou
A felicidade transbordou
Desembocou no coração do mundo
No mais profundo amor que se possa sentir.

Manu Kelé!

domingo, 10 de abril de 2016

Eira nem beira

Qual a eira da beira
De um poema
Sem começo nem fim ?
Qual sensação
Quais as cores da minha alma
Por você estar em mim?
Só sei quase nada
Certa vez uma fada disse:
O sol desse nosso amor
É bem maior que esse verso
Que gira muito além do universo.

Manu Kelé!

Meu bem

Mais que a paixão
Exatamente um sentimento holístico
Um movimento circular
Bonito de se mostrar
Enfeitado das mais lindas cores
Maximizado de sabores
Melhores emoções
Encantando o coração
Unindo as almas
Zen
E pacificamente
Norteado de amor.

Manu Kelé!

Flutuava entre palavras

Flutuava entre palavras
Quase sem ar
Era tanta a emoção
Que seu coração pulsava descompassado
Tudo isso sonhando acordado
Estava enamorado
Olhar profundo
Distante do mundo
Em segundos infinitos sentia na alma
A calma o fogo o vulcão
O medo o desejo o arrepio
A extrema sensação
Da tão paradoxal e metamorfósica paixão.

Manu Kelé!

Rio inspiração

O calor das palavras
O verso frio e calmo
O rio que se faz da inspiração
Meu coração menino
Não consegue brincar
Ele só quer levar a serio
Toda e qualquer forma de amor .

Manu Kelé!

Alturas

Nas alturas do céu da inspiração
Além do azul mais lindo que possa existir
Gira caleidoscópico verso
Liberto em cores
Instantaneamente recomposto
Ninguém consegue viver bem sem carinho
Há uma necessidade inata de interação
Assim paira no universo a maior verdade: o amor é sentimento infinitamente renovado.

Manu Kelé!

sábado, 9 de abril de 2016

Qual poesia?

Diz qual poesia?
Poderá envolver tua alma com o meu amor
Encantará o sabor da nossa vida
Encontrará uma saída definitiva
Para que durante o nosso infinito
A gente marque em definitivo um encontro com a felicidade.

Manu Kelé!

Girando

Cem ideias na inspiração
Um bem querer no coração
A alma multicor
O amor girando por completo
Meu metamorfósico universo.

Manu Kelé!


Antropofágico

Ser poeta não é tão somente escrever
É sentir o sabor das palavras na alma!

Manu Kelé

Sorrisos

Sorrisos
                  São asas
        Fazem  voar felicidade!

Manu Kelé!

Contar horas

Contar horas não resolve nada
As vezes é melhor esquecer o tempo
Lembrar-se profundamente da vida
Equalizar as emoções
Deixar que as inspirações transbordem
Mergulhar num mar de esquecimento
E por momentos profundos
Nem que seja por segundos
Internalizar o poder do amor.

Manu Kelé!

Lições do caminho

Nenhum tempo
Absorver completamente o amor que vai sendo gerado em nós
Gostar de viver é poesia que deve ser recriada constantemente
Lugares do bem em nossa alma
E perdão devem construir nossos sentimentos
Mas o que nos transforma no oposto?
E o que nos traz de volta?
Lições do caminho nos mostram
O melhor da vida é se entregar ao amor dando a ele a liberdade de ser verdadeiramente amor.

Manu Kelé!

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Desfecho

Desencontrado do destino ninguém anda
Existem um milhão de possibilidades para sua felicidade
Sinceramente é melhor ser amigo do tempo
Fazer o melhor a cada dia
Embriagar-se de emoção a cada poema lindo que sentir
Chorar quando for preciso principalmente de alegria
Honrar a vida que lhe foi concedida
Oxigenar-se de amor acada respiração.

Manu Kelé!

Linda saudade

Não sei o segundo exato da primeira estrela 
Só sinto a intensidade da sua luz 
Que me conduz a poesia do teu olhar 
Lugar onde quero me encontrar 
Pra desencantar essa linda saudade
Que não para de brilhar em mim. 

Manu Kelé!

Metamorfósica

Essa inspiração
Caleidoscópica
Metamorfósica
Alucinadamente
Louca
Nunca nunca e pouca
Vire e mexe
Remexe o infinito
Da minha imaginação.

Manu Kelé!

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Há no teu olhar 
Céu de arrepiar 
De tanta emoção
Há no teu luar
Brilho e beleza
Que conduz a inspiração
Há em tuas estrelas
Calma luz verdade
Que traz por liberdade
É teu meu coração.

Manu Kelé!

Alma inteira

Um gosto de azul
Tomou conta das palavras que eu ia pensar
Não dar mais pra segurar
O sentimento que está em mim
Quer a cada segundo te enconrar
Por isso desejo que o vento te leve nas asas do tempo
O mais rápido essa energia
Que contagia minha alma inteira de amor.

Manu Kelé!

quarta-feira, 6 de abril de 2016

No infinito

As palavras cristalizam sentimentos
Quando o poema vale mais do que ouro
Foi tão sentido
Que transfigurou-se em tesouro no infinito da alma.

Manu Kelé!

Sem assunto

Seco de palavras
Exergo só as emoções
Maximizadas na inspiração

Amar amar amar
Sentido melhor da vida
Saída para melhorar o mundo
Um dos mais lindos sentimentos
Ninguém é feliz sem amor
Todo coração precisa pulsar
O desejo irresistível de Deus.

Manu Kelé!

Como não ser assim?

Já são quase meio dia
No interior das palavras
Pulsa uma inspiração infinita
Amar é mar de poesia
Magia que transborda sorrisos na alma
Que acalma e nos torna zen
Também como não ser assim?
Pois é Deus que faz aflorar esse amor que não tem fim.

Manu Kelé!

terça-feira, 5 de abril de 2016

Nem sei

Nem sei quantas estrelas brilham no céu essa noite
Nem sei qual o peso da lua
Nem sei quanto loucos estão pelas ruas da miséria
Nem sei se essa poesia é mesmo seria
Nem sei se tudo é mentira só dez por cento é verdade
Nem sei quando me vou qual será a idade
Nem sei por que te amo
Nem sei porque as vezes reclamo da vida se ela é tão linda e maravilhosa.

Manu Kelé!

Será

As palavras tem coração?
As pedras tem emoção?
Nuvens mentem ?
O sol senti frio quando está gripado?
A chuva fica alegre quando deixa tudo molhado?
O mar fica estressado por ficar no mesmo lugar?
Por que os vento não nos deixa voar?
E quando o meu juízo acordar
Será que vai concordar com o sul realismo desse poema?

Manu Kelé!

Não sei mesmo

Não sei mesmo onde vai dar esse amor
Será no céu
Ou no mar do nosso interior?
Já pedi a Nosso Senhor paciência
Quer saber
Melhor nem explicar
O bom é ficar pensando em você
Render a minha inspiração
A tua beleza de inigualável imensidão.
.

Manu Kelé!

Apaixonada

Altas irrupções internas
Pavio fogo emoção
Amar se rernova e não se encerra
Inspirações infinita
Xodó carinho sorrisos
O melhor sentido da vida
Ninguém nunca mesmo se livra
Asssim se entrega a paixão
Dias de frio e calor
A maior provação do amor.

Manu Kelé!

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Devaneios

Imerso em devaneios
Vago por dentro das palavras
Sem  eira nem beira
Amar o acaso é caso perdido?
Seguir o destino é Hino de silenciar?
O que me faz acreditar no amor
É a sensação de alegria
E as lindas cores dos sorrisos
Gerados na minha alma
Toda vez que penso em você!

Manu Kelé!

Soslaio

O peso suave das estrelas
Flutuante poema
A energia que as sustenta
As forças do universo
Esse insistente verso
Faz de soslaio minha confissão
Te amo com o infinito do meu coração.

Manu Kelé!

Dinheiro

Donos do mundo
Imensas fortunas
Nada é mais importante do que dinheiro?
Homens são sacrificados no mundo inteiro
Expropriados das suas vidas
Impossível mesmo é convencer  todos os trabalhadores
Riqueza é produto da exploração
O mundo precisa acreditar não da mais pra esperar operários do mundo uniu-vos !

Manu Kelé!

Um azul

Nos olhos um azul encantador
No mundo cores mil
Quem senti amor de verdade
Respira mundo e a cidade coloridos
Não significa que os males serão banidos
Mas que apesar de toda dificuldade
Encontraremos solidariedade
Porque nossa ação irá se valer
Da propagação do bem querer.

Manu Kelé!

Dormi

Dormi dormi meu anjo
Coberto com a luz das estrelas
Tranquilo despreocupado
Regido ao som da paz

Dormi dormi meu anjo
Se frio faz na tua alma
Busca no amor tua calma
Que a tua luz se refaz

Dormi dormi meu anjo
Repleto de esperança
Em Deus toda a confiança
Não terais tristeza jamais.

Manu Kelé!



domingo, 3 de abril de 2016

Estrela linda

As lágrimas são de alegria
Eu ja sabia
Nasci pra amar
Um mar de bem querer me inundou
Você chegou
Brilhou o céu da minha vida
Suave estrela linda.

Manu Kelé!


Verdade

Veementemente de repente
Enxerguei tua áurea
Risos afloraram no meu interior
Depois de passadas horas sem acreditar
A maior verdade já se encontrava dentro de mim
Devo isso ao destino ou ao universo?
E certamente nem quero responder só sei dizer é muito bom amar você.

Manu Kelé!

Assim seja

Enquanto brilha
Suave calmo gira o universo em
Terna e resplandescente luz
Raios de bondade
Enxerguemos o bem que há em nós
Libertemo-nos de todo mal
Assim seja com as graças de Deus.

Manu Kelé!

Inverso

Verso tempo
Inverso dia
Sol da meia noite
Luar da madrugada
A poesia inspirada na loucura
O que faz madura a sanidade
A melhor idade da infância ?
O gosto infinito da velhice?
Quem disse que o tempo para?
Acho que ele foi de forma rara
Inventado pelo homem
Com aguçada imaginação
Para melhorar a exploração de uns sobre os outros.

Manu Kelé!

Paz desejada

Enquanto espero a primeira estrela
Penso em nossa luz
E o que a conduz?
Os nossos pensamentos?
O nosso bem querer?
O nosso amor?
Seja o que for deve ser positivo
Ativo como o universo
Repleto de energia
Algo que contagia a alma
Da paz desejada por Deus!

Manu Kelé!

Acorda

A poesia tá te chamando pra vida
Complexa
Antagônica
Emocionante
Distante dos sonhos
Próximo do que é real
Quer dizer também
Que meu amor não é normal
É pura loucura
Dura infinito de carinho
Universo de inspiração 
Meu coração te quer tanto quanto a terra deseja o sol.

Manu Kelé !

Bipolar

Um dia é puro carinho
No outro desatenção
Um dia é de sorriso
Outro só empurrão

Uma hora claramente unido
Na outra apaga o sol
Faz uma melodia em sustenido
Outra desafina em bemol

Um segundo já esquecido
Um infinito de recordação
Assim é um verso torcido
Bipolar na sua emoção.

Manu Kelé!

sábado, 2 de abril de 2016

Anjos

Anjos são borboletas
Asas de cuidados
Olhos abençoados
Áureas bordadas com a energia de Deus.

Manu Kelé!

Infância

Imaginávamos sem limites
Nada era impossível
Fazíamos sete pintado de emoção
Amávamos correr e brincar
Nada era melhor que voar
Crianças não tem barreiras para os sonhos
Inspiram o agora
Amanhã se precisar desconsertam até a aurora.

Manu Kelé!

Louca poesia

Estou ficando zonzo de inspiração
São tantas palavras no ar
Passei a respirar
Verbos substantivos locuções
Palavras com alegres corações
Cada qual com seu desejo
Uma delas quis dar um beijo nessa louca poesia.

Manu Kelé!

Acontece

Acontece poesia
No olhar das estrelas
No sorriso da lua
Na calma infinita das pedras
Na espera pela chuva
Na fartura do sertão
No coração do rio que secou
Na alma do pássaro que o homem matou
Na esperança da ciranda que rodou
Na renovação constante do amor.

Manu Kelé!

Céu da minha imaginação

De estrela em estrela
O céu da minha imaginação
Vai ficando florido
De Lua em lua
Crescente
De terra em terra
Cemente
De ar em ar
Voado voado de tanto amar!

Manu Kelé!

Buenas

Buenas poesias
Numas asas
Extremadas de emoção
Noutras estrelas de desejo
Azuladas por beijo
Sentido no infinito do universo.

Manu Kelé!

Doce som

Quero fazer você feliz
Sentir viver
O nosso amor
Acho o destino sempre quis
Foi ele quem nos encontrou

Quero voar de alegria
Pulsar em reggae a magia
Do som da leve canção
De ter você no coração

Tua beleza
chão e flores
As cores
De um mar sem fim
Sempre aguçando os sabores
Do doce da tua vida em mim!

Manu Kelé!

Pedaço do universo

Sinto você em verso
Pedaço do universo
Por ti sinto amor
Imenso bem querer
Que quer te fazer feliz!
É o que vivencio na alma
Diante da calma 
Que me faz a tua imensurável beleza!

Manu Kelé!

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Dimensão do amor

A dimensão do amor
Não tem exatidão
É mais que o universo
É tão linda quanto esse verso
Que quer ocupar teu coração!

Manu Kelé!

Sentimento

Segundos floridos coloridos
Exalados cheiros do amor
Naturalmente vindos da alma
Toda inspiração
Imaginada linda poesia
Mergulhada no mais perfeito azul
Exatidão do céu
Tamanha emoção
O olhar terno de Deus para a
Suavidade tão certa da tua beleza.

Manu Kelé!

Palavras invisíveis

Flutuo entre palavras invisíveis
De um verso que não existe
Esqueço tudo que ia pensar
Também não da pra aguentar
Essa saudade é mesmo de lascar!

Manu Kelé!

Cecilia

Certamente a vida é linda
E a musica é o pulsar do coração
Cecilia sabedoria
Inspiração do amor
Lua de crescente carinho
Imensa visão poética
A intensa esperança dança suave da vida.

Manu Kelé!

Suave sentido

As cores do dia
Em tons cinza
Eu nunca esperava sentir
Quando gosto da saudade invade  a emoção
O coração bate descolorido
Então é preciso respirar os sentidos
Tem certas horas que não dá pra segurar
A poesia escorre liquefeita
Marcando o suave sentido da tua falta.

Manu Kelé!

Paradoxal poema

A paixão aguça as cores da alma
Resplandece a luz interior
Descompassa as horas
Faz voar o juízo
É de todo lindo paradoxal poema.

Manu Kelé!

Ninho colorido

O amor é passarinho
Faz canto
Sorriso
Ninho colorido
Em nosso coração

Manu Kelé!