sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Certeza de Deus

O caminho do poema,
Entorta as palavras,
Rua reta só do risco,
O trisco da imaginação,
Enche o coração.
O beco do passado,
Corta as alegria e tristezas,
Certezas:
Só de que o amor passou e ficou em mim,
Melhor sentimento,
Alimento da certeza de Deus!

Manu Kelé!

Ama as tuas rosas

Acordei a poesia,
Senti sol e magia,
Respirei verde emoção,
A canção poema de Pessoa,
Me disse de boa:
Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De arvores alheias(...)

Manu Kelé!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Medo

Não tenha medo,
Use a palavra certa,
Se embriague de emoção,
Use o seu coração,
Viva plena poesia.

Não tenha medo,
A lua vai te ensinar,
Quando menos esperar,
A criação te contagia.

Manu Kelé!





Universo amor

Dentro de mim corre rio de palavras que desemboca mar de sentimento, uni verso positivo amor!
Manu Kelé!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Rio seco sertão

Faca amolada,
Corte profundo,
Em meio segundo,
O mundo se apaga.
Dor sem tempo,
Vento da saudade,
Lágrima que arde,
Rio seco sertão.
Geografia suave,
Doce veneno,
Voo cego pleno,
Poesia paixão.

Manu Kelé!

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Teu bem

Gosto de ser teu bem,
Ter carinho arrepiar,
Respirar mesmo ar,
Curtir nossa emoção.

Gosto de ser teu bem,
Caminhar mesmo olhar,
Nas tuas asas voar,
Criar mesmo horizonte...

Gosto de ser teu bem,
Viajar nossos sentidos,
Com o coração unido,
Fazer o melhor amor.

Manu Kelé!


Poema interno

Lagoa olhar,
Natureza minha,
O inverso da alma,
A incerteza da calma,
O fogo da paixão,
O incêndio no espelho,
Reflete a lua do querer,
E o coração voa,Voa voa...
No céu do poema interno!

Manu Kelé!

Respiração florida

Dia verde,
Céu sorrindo,
Respiração florida,
Decisão atrevida:
Amar...
De todas as formas,
Quebrando todas as normas
Amar, amar sem parar!

Manu Kelé!


Lágrimas do sol

Na janela do tempo
Ouço tua voz dizendo:
Te amo, meu poeta...
Tento fechar os sentidos,
Acalmar os ouvidos,
Perder a memória...
Mas nessa história
Tudo era sonhado,
E sou despertado com lágrimas de sol!

Manu Kelé!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Nas asas do som

Era um menino,
Que gostava,
De viajar nas asas do som,
Sol em sol
Lua em fá,
Estrela em bemol.

Todos os dias,
Ele tercia o dom da vida,
Mar de carinho,
Céu de amor,
Em notas floridas.

Poema musicado por Manu Kelé

sábado, 22 de dezembro de 2012

Olhar da estrela

O olhar da estrela,
Algo buliu dentro em mim,
Era um verso timido,
Que saiu única palavra:
Amor!
Continuei respirando as cores do universo,
A noite encantava meu coração!

Manu Kelé!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Única semente amor

Fazer nascer flores no azul do céu,
Dar azas a coração de pedra,
Gotejar estrelas no pingo da madrugada,
Cochilar com os olhos do sol,
Dar nó no sopro da inspiração,
Secar o mar da paixão,
Desfazer todas as palavras ruins
E transformá-las única semente amor!

Manu Kelé!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Palavras azuis

Todos os dias morria de amor,
E ressuscitava novo poema,
Brotado de palavras azuis
Que choviam do céu da paixão.
A razão pedia ódio,
O coração amor,
O ciclo do encantamento,
Girava a vida em dor,
E tudo se renovava,
Paradoxa tristeza alegria,
O amor tem suas entranhas,
Labirinto da sua magia!

Manu Kelé!

Poema redondo

Poema redondo,
Lagoa vermelha,
Luzir de asas,
Um mar de flores,
Corredores de carinho,
Felpudo carneirinho,
Alegre sonhar,
No céu sementes,
Estrela a te abraçar,
Horizonte arco-íris,
Sublime olhar.

Manu Kelé!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Zumbido da noite

Estrelas brincam de roda no céu.
A lua canta tocando nas cordas do vento.
O tempo passa sem pressa.
E mundo gira as cores da esperança,
Festança arco- íris coração poético,
Que amanheça um mundo melhor,
Onde o bom da vida seja celebrar o amor!

Manu Kelé!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Azul

Azul mais azul mais azul mais azul...
Ao sair vi a imensidão,
Deixou celeste meu coração,
Alumiou o meus sentidos,
Internalizei o pedido
Sinal de Deus que dizia:
Viva ame num tempo infinito,
Escreva um poema bonito,
Respirando a força
Do azul mais azul mais azul mais azul...
Palavra de poeta fruta boa,
Oferecida a qualquer pessoa
para transformar a vida
No Azul mais azul mais azul mais azul...

Manu Kelé!

Luz do desejo

No coração uma estrela,
No corpo amarelo flamboyant,
No sol da imaginação,
Giram flores coloridas,
Emoção acendida,
Luz do desejo!

Manu Kelé!

domingo, 16 de dezembro de 2012

Café com pão

Café com pão,
Boca molhada desejo,
Sabor derretido no beijo,
Coisas simples coração.

Galinha no almoço,
Tardinha tapioca,
A noite pipoca,
Projetando a linha da vida.

Antes de dormir ,
A louça lavar,
A cor do sonho ativar,
Acordar novo dia feliz.


Manu Kelé!

sábado, 15 de dezembro de 2012

Cor do mundo

Dando voltas dentro em mim,
Alcancei meu mais profundo,
Naveguei céu poesia,
Inspirei a cor do mundo,

Manu Kelé!

Manoel me ensinou!

Voar fora da asa,
Dar coração a pedra,
Pisar no azul do céu,
Florir a calma do sol,
Respirar o som da felicidade,
Reverter sua idade
A um infinito tempo poético.

Manu Kelé!

Pé de vento

Pé de vento,
Nebulosa,
Estrela manha amor.
Corpo da noite,
Madrugada,
Rua celeste flor.
Lua lagoa,
Voa mundo,
Mar alegria,
Paz,
Manhã Dourada
sol,
Poesia tempo jazz.

Manu Kelé!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Liberdade

Plantar palavra
Nascer flores.

Respirar verde,
Voar Galo campina.

Entortar esquina,
Melhorar horizonte.

Brilhar estrela,
Colher sonho,

Acordar sol,
Mover mar.

Manu Kelé!

Infinito feliz

Era tão flores dentro de mim,
Respirava cores,
Era tão vermelho,
Tocava o sol,
Era tão poesia,
Voavam palavras brilhantes,
Era tão sonho,
Cidade chocolate,
Toda parte sentimento,
Templo imaginação,
Almas unidas coração,
Infinito feliz!

Manu Kelé!

Valoroso prazer

Dentro do teu corpo,
Caminho flamejante,
Fogo diamante,
Valoroso prazer.

Sobre a tua pele,
Caminho macio,
Frio quente rio,
Vereda de encontrar.

Dentro da tua alma,
Imenso labirinto,
Lugar onde eu sinto,
Meu mundo te encontrar.

Manu Kelé!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

As flores sorriram pra mim

As flores sorriram pra mim,
Dizendo:
- Não se desespere! As dificuldades da vida acontecem pra nos deixar mais fortes, são lições de caminhos, aprendizados de defesa. Nossos espinhos são para elucidar que não devemos deixar todo mundo passear em nosso jardim do sentimento amor. Mas se alguém conseguir entrar, mesmo que não queira ficar de verdade, deixemos ir, levando nosso cheiro,pois para melhorar nosso viver, precisamos acreditar, sempre sempre numa plena verdade, o amor nunca morrerá, ele se renovará a cada dia com o nascimento de flores por todos os jardins do universo!

Manu Kelé!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Baobá













Sou flor da pele,
Semente África resistência.
Séculos paciência,
Grande amor Orixás.

Sou Flor da pele,
Mãe de tantos terreiros,
Etnias por inteiro,
Sou Baobá secular.

Sou flor da pele,
Horizonte quilombo novo,
Sou o grito do povo,
Sou diferente sou igual.

Manu Kelé!

Pingam palavras

Pingam palavras,
Cores vivas,
Letras que dançam,
Chuva inspiração.
Tom, Chico, Milton, Egberto,
Caetano, Gilberto,
Sonho aberto felicidade.
Na minha idade
Poemas nascem maduros,
Transpõem os muros,
Conseguem alcançar
O verdadeiro amor!

Manu Kelé!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Leve leve

Leve leve,
Pena de pavão,
Pedra molhada,
Poesia...
Sentimento tamanho mundo,
Gosto profundo amor,
E o que era dor,
Virou flores,
Pintaram outros sabores,
Cores eterno crescer.
Universo sol amarelo,
Carinho doce singelo,
Sentimento transcendente imortal!

Manu Kelé!



Declaração

Com a alma lavada e enxaguada,
De lágrimas ambíguas,
Declaro nesse momento
Terno e fugas,
Que o meu amor não acabará,
Nascerá novo amanhã.
Fênix voo sem fim,
Gosto de flores jardim!
Com o cheiro das cores no ar!

Manu Kelé!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Águas claras

Águas claras,
Doce feitiço,
Olhar certeiro,
Palavras de janeiro,
Poema de dezembro.
Tempo achado,
Mato sem cachorro,
Pro meu socorro,
Tua voz,
O nós outubro,
O tudo primavera,
Cores de espera,
Flores vivas do teu vestido,
Eu escondido,
No labirinto da paixão,
O melhor lugar é teu coração!

Manu Kelé!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Olhar de Deus sobre nós

Vento soprando, noite chegando, encantamento. Melhor momento saber que o amor é um sentimento universal, sal que tempera o mar do gostar, lagrima de alegria do olhar de Deus sobre nós!
Manu Kelé!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Porta

A porta que abre meu sonho é o amor medonho que sinto por ti.
Manu Kelé!

Amor maior que o sol

Meu amor maior que o sol,
Pede notas agudas,
Estrelas lindas miúdas,
Sorriso de céu luar.

Meu amor maior que o sol,
Reflete cor esperança,
Horizonte nova dança,
Ciranda e caminhar.

Meu amor maior que o sol,
Gira humanidade,
Vereda sobre a verdade,
Se refaz a cada mar,
De amor de amar
De amor de amar
De amor de amar
De amor de amar
De amor de amar
De amor de amar
De amor de amar
De amor de amar...

Manu Kelé!

Formiguinha

Uma formiguinha certa vez me disse:
Melhor ouvir a cigarra,
Canções de vibrar asas,
Parar o tempo,
Que trazem no vento
As flores do descanso.

Manu Kelé!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Quero a graça de um amor tranquilo

Quero a graça de um amor tranquilo,
De roçar pés nas estrelas,
De ver brilho luar salpicados no chão do desejo,
De ter beijos infindos que toquem a alma
De coração batendo mesmo ritmo.

Quero a graça de um amor tranquilo,
De Gostar mesmo som,
Nadar mesmo mar,
Refletir mesmo espelho do olhar.

Quero a graça de um amor tranquilo,
De rio flores calmaria,
Pai Nosso Ave Maria,
De eterno querer bem,
Amém!

Manu Kelé!

sábado, 1 de dezembro de 2012

Sem palavras

Poetizar sem palavras, olhar no infinito as estrelas e sentir a emoção de todas elas dentro de você!
Manu Kelé!

O sol já vem te esquentar

O galo já cantou,
Uma estrela me falou: - Tá frio aqui no céu!
Dentro de mim calor poético,
Fogo sintético,
Jardim flores astrais,
A conversa no espelho do sentido,
Só reflete paixão,
Dizer o que pra estrela?
O frio que dá é de solidão,
Ouça uma canção de Tom maior,
Sinta não ficarás só,
O sol já vem te esquentar!

Manu Kelé!

Gosto mesmo

Gosto mesmo sorvete de todos sabores,
Céu da boca gelado,
Alma quente café, afeto de mãe três da tarde!

Gosto mesmo que pedras não sejam pedras,
E sim pedaços de poesia de ensinar caminho.

Gosto mesmo que as palavras toquem,
Musica suave,
Nave de fazer luar,
Ar do infinito,
Tempo sorrindo,
Carinho teu!

Manu Kelé!

Cheiro das estrelas

Senti o cheiro das estrelas, bebi a cor da lua e na rua do meu poema nasceram flores de todas as cores.

Juízo no quengo

A lua atravessa a rua,
Brilha minha retina,
No amor e na esquina,
Meu tempo adormeceu.

Então o verso nasceu,
O coração se preparou,
Todo universo girou,
A esperança ascendeu.

Era azul quase dezembro,
Novo juízo no quengo,
Digo não me arrependo,
Continuarei o mar de amar!

Manu Kelé!


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sonhei que era paixão

Ela dizia repetidamente te amo, te amo, te amo, te amo, das palavras saltavam flores coloridas que exalavam o cheiro da paixão. Meu coração não se continha, batia freneticamente no ritmo de uma atração alucinante.
Não era por menos, seu corpo era de sereia, o olhar continha um mar sem fim de águas verde da esperança, festança de um terno e doce carinho. Seu abraço era aconchegante, gigantesca ciranda de cantigas redondas de paz. Seu perfume me deixava zen, num estado ômega flutuante e ainda irradiava sete cores de luminosa sensação. Seu vestido era um jardim vivo de flores que cantavam afinadamente o mais puro amor.
Acordar desse sonho foi engraçado, meu vizinho tava ouvindo Raimundo Soldado:
(...)"Ela me deixou e foi morar com o guarda,
Ela me deixou e foi morar com o guarda,
Tanto que eu gostava daquela malvada,
Ela me deixou e foi morar com o guarda.
No dia que o guarda souber
Que ela não saber nem fazer café
No dia que o guarda notar
Que ela não serve nem pra ser mulher
Ele vai manda-la embora
Ela vai querer voltar
Pra deixar de ser malvada
Eu mando ela voltar pro guarda (...)
Segui meu pensamento, triste realidade, era sonho e não verdade, agora mesmo acordado sinto que o sonho tatuou seu nome no tempo de uma paixão Platônica, suspiros de alimentos de poeta "o sentimento", as vezes inventados e sempre verdadeiros.

Manu Kelé!

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Pétalas

Pétalas da esperança,
Cheiro do tempo,
Vento do amor,
Calor teu em mim,
Jardim de nós
Colorido de afeto,
Coberto de Asas e
Voo de desejos
Sem fim!

Manu Kelé!

domingo, 25 de novembro de 2012

Colorido da alma

Quando sentimos amor, transbordamos o colorido da alma, tudo vira inspiração poesia e vida.
Manu Kelé!

sábado, 24 de novembro de 2012

Tempo novo pra amar

Não senti meu corpo,
voei estrelas a fora,
Corri cores da aurora
Vislumbrei novo horizonte,
Tempo novo pra amar!

Manu Kelé!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Luz áurea magia

Palavra de extremo valor,
Sabor doce ao coração,
Som suave canção,
Alma colorida.

Som de dentro universo,
Estrelas de ter alegria,
Verdade que contagia,
Amor amar pra valer.

Luz áurea magia,
Pedaço do céu em mim,
Corpo de alegre jardim,
Fortaleza de lagrima alegria.

Manu Kelé!

Sopro de Deus

Perfume do sol,
Calor do céu,
Frio de esquentar,
Alma exposta.
Porta do mundo,
Jardim da vida,
Flor dançante.
Areia azul,
Mar vermelho,
Cego espelho,
Arvore andante,
Capim flutuante,
Abelha Professora,
Pedra cantora,
Rio de ar
que corre em mim,
Sopro de Deus.

Manu Kelé!

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Até o tempo em que o bonito da vida dure pra sempre!

Teu silêncio doí em mim,
Migalhas de palavras me agradam,
Mesmo sussurro é som prazeroso,
Gostoso demais ouvir tua voz,
Memorizei teu som,
No infinito da alma,
Ele vai animar
O meu Sentido,
Até o tempo em que o bonito da vida dure pra sempre!

Manu Kelé!

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Cheiro das cores

Cheiro das cores,
Invenção poética,
Semente da noite,
Lua carmim.

Fala de estrela,
Saltitar da palavra,
Jardim de planetas,
Sol alecrim.

Grito de arvore,
Sabor da canção,
Luz do coração,
Montanha de amor.

Terra voadora,
Sonho estridente,
Chuva fervente,
Voz do tambor.

Manu Kelé!

domingo, 11 de novembro de 2012

Janela

Janela da vida,
Verdes passos,
Abraços do sol.

Calor de dentro,
Nosso vento,
Cheiro lugar.

Terra encarnada,
Vida passada,
A nos encontrar.

Uni o verso,
Som do mar,
Estrela inspiração.

Manu Kelé!



sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Vida Musical

Respire a palavra,
Pulse a flor,
Diga ao amor:
- Eu existo...

Viva emoção,
Molhe o coração,
Lágrimas de alegria...

Olhe azul,
Beba o céu,
Colha o véu
Positividade...

Acorde o sol,
Toque o vento,
Melhor momento,
Vida musical...

Manu Kelé!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Difícil

Difícil,
Não pensar em você,
Esquecer as cores do dia,
Não sentir a magia do sol.

Difícil,
Não tocar teu perfume
No lume da imaginação,
Não sentir a paixão me guiar.

Difícil,
Acalmar a vontade do beijo,
Esfriar meu imenso desejo:
Sempre sempre sempre...
profundamente te amar!

Manu Kelé!

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Sei lá

Quando o verso bate,
Não cabe coração dentro em mim,
Meu pensamento vira Jardim
As flores tem teu cheiro...

Quando bate o verso,
Infinito brilho estrela guia,
Me deleito doce Magia,
Me interno laço amor...

Quando o verso bate,
De toda parte do pensamento,
Vai soprando mote vento,
Vou voando liberdade...

Quando bate o verso,
Redonda imaginação
Mandala coração,
Peito aberto pro criar...

Manu Kelé!

Encarnado mar

Distância corpo,
Silêncio demora,
Hora, hora, hora, hora...
Pensamento parado,
Intencionado cheiro,
Perene inteiro amor,
Rio de estrelas,
Céu corpo,
Mar beijo,
Lampejar estrela,
Luz amarela,
Encarnado mar emoção

Manu Kelé!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Quero voar

Quero voar,
Flutuar tua geografia,
Tecer filosofia,
Acender fogo e paixão.

Quero voar,
Respirar teu céu,
Provar teu mel,
Interiorizar teu sabor.

Quero voar,
Vento mundo a fora,
Beber a cor da aurora,
Sentir teu coração.

Quero voar,
Pousar o pensamento,
ter ninho e alimento,
Poesia emoção.

Manu Kelé!

domingo, 28 de outubro de 2012

Cheiro de nós

Lágrimas da noite,
Estrelas da alegria,
Candieiro da paz,
Ponta do sol,
Dia nascente,
Corrente do bem,
Sorriso do céu,
Dança de passarinho,
Folha vermelha,
Rede azul,
Fogo do querer,
Cheiro de nós,
Alma na alma,
Amar amor sem fim...

sábado, 27 de outubro de 2012

Pensar em você

Melhor poema,
Filosofia divina,
Vibração que afina
Meu viver...

Pensar em você,
Sorriso de flores,
Gosto sabores,
Céu do querer...

Pensar em você,
Mel de se dar,
Perfume no mar
da inspiração...

Pensar em você,
Infindo sentido,
Extase atingido,
Emoção...

Manu Kelé!

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Néctar

Néctar das palavras,
Cores no ar,
Sabor do teu som,
Flores a girar...

Néctar das palavras,
Doce poesia,
Caminho olhar,
Amor e magia...

Néctar das palavras,
Zum abelha mel,
O bom do abraço,
Espelho do céu..

Néctar das palavras,
Rio dos sentidos,
Mar da emoção,
Desejos atrevidos...

Néctar das palavras,
Imã da gente,
Encontro da alma,
Poema contente...


Manu kelé!

domingo, 21 de outubro de 2012

Sol girando

Vivo silencio,
Azul maduro,
Lado futuro,
Nossa alma.

Estrela nascente,
Linda corrente,
Laço amor.

Céu laranja,
Linda dança
amanhecer.

Sol girando,
Interno tocar,
Cor do meu lugar,
O melhor de mim.

Lágrima alegre,
Sentimento lindo,
Flores se abrindo,
Céu do querer.



quinta-feira, 18 de outubro de 2012

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Amanhecer rosa

Amanhecer rosa,
Perfume da vida,
Gosto de beijo,
Lembrança ativa.

Última estrela,
Brilho natural,
Calor da manhã,
Azul matinal,

Teu olhar o céu,
Meu lugar o ar,
Minha vida rio
correndo pro teu mar.

Manu Kelé!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Colorido poema

Colorido poema,
Palavra viva,
Borboleta sonhadora.

Jardim deslumbrante,
Flores alegres.
Perfume da terra.

Céu sorridente,
Rio nascente,
Mar calor amar...

Manu Kelé!

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Sonhos no ar

Olhar de estrela,
Boca da noite,
Quebra do mar,
Luz do silêncio,
Marcas do tempo,
Cores do amar...

Sentido do som,
Espumas de céu,
Sorriso do gato,
Brilho do mato,
Cheiro do vento,
Sonhos no ar...

Manu Kelé!

sábado, 6 de outubro de 2012

Melhor lugar

Palavras chegando,
Bom pensamento,
alimento do verso:
Sentimento...

Palavras saltando,
Energia ternura,
Musica madura,
Som colorido...

Palavras iluminando,
Vibração azul,
Gosto do sorriso,
Coração nu...

Palavras vibrando,
Linda cor do mar,
Ondas do teu corpo,
Melhor lugar não há...

Manu Kelé!

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tempo bemol

Vento da tarde,
Sol que arde,
Vermelho florir,
Mansa cor do céu.
Romã do quintal,
Som madrigal,
Amarelo manhã.
Tempo bemol,
Sábia rouxinol,
Floresta de nós!

Manu Kelé!

domingo, 30 de setembro de 2012

Pensar

Água palavra,
Rio saudade,
Lágrima alarde,
tempo fugaz.

Sentimento redondo,
Mandala canção,
flor coração.
Cor que atrai.

Pensar Holístico,
Todo sentido,
Amor repartido,
Minhas asas em ti.

Dia e noite,
Breve futuro,
poema maduro,
Estrada de mim.


Manu Kelé!

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Gracioso desejo

Gracioso desejo,
Peito aberto,
Estrada de nós.

Terna cidade
Flores do caminho,
Bom carinho,
Fio da verdade.

Terra azul,
Amarelo Flamboyant
Luz maçã
Gosto teu.

Verde mar,
Todo encanto,
Meu acalando,
som do teu pulsar.

Manu Kelé!

sábado, 22 de setembro de 2012

Esqueci de mim

Esqueci de mim,
Léguas a dentro,
Suspiro profundo,
Oco do mundo meu...

Vazio poético,
Flores secas,
Cegueira das cores,
Apagada alegria...

Tino perdido,
Ouvido sem som,
Dom de esquecer,
Vida solta...

Lado outro,
Palavra morta,
Poesia torta,
O outro lado da imaginação...

Manu Kelé!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Simples palavra

Flor,
Sabor de ser,
Sentir o invisível,
Sonhar o possível,
Simplesmente amor...

Verde,
Cheiro natural,
Vida normal,
Respirar sentidos...

Azul,
Paz inventada,
Musica guardada,
Gosto do bem...

Manu Kelé!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Sabor

Poesia transparente,
Lente da alma,
Mar da paixão.

Leve pensamento,
Sabor e fermento,
Doce emoção.

Palavra Dolorida,
Saudade florida,
Jardim da invenção.

Som e desejo,
Sabor do teu beijo,
Em meu coração...

Manu Kelé!

domingo, 16 de setembro de 2012

Pés sem chão

Pés sem chão,
Asa poética,
Voo palavra,
Pouso sentimento.
Corpo quente,
Musica estridente,
Minha semente meu amor.

Cabeça ao leu,
Som do gostar,
No meu ar
Tua geografia.
E tudo é calor,
Giro e pulsar,
pra me domar
Só teu abraço.

Manu kelé!

Sem eira nem beira

Toda palavra seca,
Sem destino de poema,
Todo som cala,
Sem destino musical.
Água do meu rio,
Poetizado desejo,
Relampejar de cores
Céu sertão mar,
Noite dia magia
Varias formas de amar,
Luz azul dia,
Destinar do caminho,
Flor do meu carinho.
Jardim do meu gostar.

Manu Kelé!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Esperando poema

Contando estrelas,
Chorando as cores,
Abrindo sóis,
Todos os dias em nós
O céu de emoção,
Coração Pulsando,
Rosar de palavras,
Todo ouvidos,
Luz sorrisos,
Nascendo mar,
Desembocando rio,
Poema renascente,
Esperança contente,
Sentir a imensidão do abraço!

Manu Kelé!

domingo, 9 de setembro de 2012

Descansei palavra

Descansei palavra,
Senti nada,
Verso deserto...

Ardeu sentido,
Dormiu ouvido,
Calou o som...

Fechou olhar,
Apagou cores,
Descoloriu flores,
Entristeceu jardim...

Sonho sonhei,
Poema acordei,
Alegria tanta,
Linda flor branca,
Sol riso Alecrim!

Manu Kelé!

Palavras de domingo

Descanso praia
Rede saia,
Missa roda,
Sol moda,
Som acalanto,
Suco frango,
Gol Flamengo,
Flores setembro,
Lua Noite,
Rua Conversa,
Sono pressa,
Mãe almoço,
Olho pescoço,
Sonho emoção,
Amizade amor coração.

Manu Kelé!

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Jardim coração

Poema certo,
Sonho deserto,
Dia de sol,
Lua do olhar,
Crescente amar,
Mar de emoção,
Dia Nascente,
Céu sorridente,
Cresce o prazer,
Mundo e calor,
A melhor flor,
Jardim coração.

Manu Kelé!

sábado, 1 de setembro de 2012

Chove

Ventam palavras doces,
Flores sorriem perfume,
Vaga-lume dança no céu.

Chove som de estrelas,
Pinga suavidade,
Poesia de verdade,
Cabe em todo coração.

Corre rio lindo verso,
Água vida mil cores,
Pra negar as minhas dores,
Respirar a criação.

Manu Kelé!



Melhor paixão

Pontinha de estrela,
Céu colorido,
No meu ouvido,
Magnifico som.

Pedacinho da lua,
Emoção cheia,
Dor que tonteia,
Saudade rosa carmim,

Céu inteiro,
Azul Certeiro,
Cupido maluco,
Melhor paixão.

Manu Kelé!

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Evereste

Toque do desejo,
Espelho de nós,
Corpo celeste...

Evereste do sentido,
Coração Voado,
Lábios poéticos...

Mapa do ser,
Eterno crer,
Sermos um...

Manu Kelé!

Estrada de mim

Flor transparente,
Chuva contente,
Rio de nós...

Mar Acalanto,
Azul teu encanto,
Céu laranja,

Gosto molhado,
Futuro aguardado,
Saudade alecrim...

Voo rasante,
Poeta amante,
Estrada de mim...

Manu Kelé!

sábado, 25 de agosto de 2012

Mesmo coração

Não quero contar sóis,
Nem mesmo demorar luas,
Quero tempo curto,
Vento suave,
Nave de trazer futuro,
E quando acabar o escuro,
A luz nascer,
Você amanhecer em mim,
Poema sem fim,
Sangue correndo mesmo coração!

Manu Kelé!

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Plena alegria

Sorriso do sol,
Cores fresquinhas,
Dançar do azul,

Chuva de flores,
Som do perfume,
Jardim flutuante...

Cio da terra,
Sentimento suave,
Gerar a paz...

Mundo de dentro,
Terno saber,
Plena alegria...

Manu Kelé!

domingo, 19 de agosto de 2012

Florzinha

Florzinha do dia,
Olha pro céu,
Solta um sorriso
Cor do amor...

Verde lilás,
Borboleta e paz,
Voar de um sonho...

Sentimento leve,
Espirito livre,
Um doce calibre
Na mira do amor...

Incrível cupido,
Asas transparente,
Plantou a semente,
Nasceu a paixão ...

Manu Kelé!

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Universo de amor

Palavras molhadas,
Mar verde,
Sorvete de açaí,
Tua boca,
Meu desejo,
Beijo guardado no peito,
Memória flor de emoção,
Uma canção de Marisa,
Meu vinil na tua mão,
E tudo tão calmo,
O tempo veludo,
Relógio confuso,
Universo de amor!

Manu Kelé!

Yemanjá

Festa do sol,
Flores no mar,
Salve Mamãe Yemanjá.
Odoiá Odoiá,
Salve Mamãe Yemanja´.
Filhos de santo,
Afoxé Acabacá,
Traz sua barca de encantar,
Sopra no vento essa canção,
De todo mar da emoção
O coração do orixá,
De ser quilombo livre viver,
Nascer florir justo sorrir
Pra Yemanjá!

Manu Kelé!

domingo, 12 de agosto de 2012

Abril

Todas as cores,
Amores mil,
Suaves beijos,
Flores de abril.

A lua nova,
Estrelas molhadas,
O céu risonho,
E as nuvens bordadas.

O sul do desejo,
Teu nome na rua,
A verdade despida,
Minha vida é tua.

Manu Kelé! "Poema musicado por Eduardo Loureiro"!

sábado, 11 de agosto de 2012

Inquieta poesia

Inquieta poesia,
Dia de lua,
Noite de sol,
Água seca,
Peixe voador...

Poesia inquieta,
Céu vermelho,
Terra azul,
Pássaro fruta,
Olho cantador...

Inquieta poesia,
Grito calado,
Sonho acordado,
Som sem luar...

Manu Kelé!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Calor de ascender

Vento poema amor,
Flor linha tempo,
Céu verde calor,
Chão raiz alimento.

Carinho mar gaivota,
Caminho anjo porta,
Rio abelha lugar,
Som areia mar,

Doce beijo suave,
Estrela azul nave,
Sentimento brilho prazer,
Toque calor de ascender.

Manu Kelé!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Castelos de silêncio

Construir castelos de silêncio,
Calar a voz do tempo,
Apagar o som do vento,
Respirar o nada...

Flutuar o inexistente,
Esquecer o coração,
Acalmar a emoção,
Poetizar sem palavras...

A tudo desconhecer
Mergulhar vazio profundo,
Desinternalizar o mundo,
Pra só pensar em você!

Manu Kelé!

domingo, 29 de julho de 2012

Sonhos

Precisamos voar,
Dar perdão ao imaginável,
Rodar flores sobre o céu,
Soltar a vida ao leu,
Se colorir de azul do mar...

Precisamos sonhar,
Viver o impossível,
Acabar o capital terrível,
Tecer a fome de dividir...

Precisamos acordar,
Os sonhos não envelhecem,
E o que os poetas pedem?
Viver viver, sonhar voar!

Manu Kelé!

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Clarão da noite










Em volta tudo apagado,
A noite me ascendia,
Estrela em sua magia,
A lua fiapo no céu.

Foi um azul nunca visto,
Poema lindo perfeito,
O silencio soando no peito,
Musica a rodar na alma.

O clarão da noite fez dia,
Cruz credo, Ave Maria,
Quadro divino real.

Manu Kelé!

Rio

Minha poesia é rio de sentimentos que corre para o mar do teu desejo!

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Sentimentos

Não tenho tempo pra poema,
Só uma lágrima,
Oceano de sentidos,
Sentimentos perfumados,
Que flutuam no jardim da imaginação...

Manu Kelé!

Fruto maduro

Pensamento aberto,
Flores fechadas,
Luzes guardadas,
Sol de amanhã.

Pensamento fechado,
Flores abertas,
Palavras certas,
Som guardiã.

Pensamento vigente,
Você meu futuro,
Meu fruto maduro,
A nossa paixão!

Manu Kelé!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Colorir

A tua existência,
Me faz poesia,
Sol de ascender palavras,
Céu de colorir
O som do meu viver!

Manu Kelé!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Coração musical

Meu coração musical,
Quer nota colorida,
Som de fazer da vida
Um eterno carnaval.

Meu coração musical,
Pede o melhor som,
Egberto Milton ou Tom,
Lindo som angelical.

Meu coração musical,
Voa em pensamento,
O melhor instrumento
A voz da emoção!

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Noite

Barulhinho de estrelas,
Roçar das nuvens,
Imenso azul,
Céu poético,
Corpo no ar,
Infinito sentir...

Manu Kelé!

terça-feira, 3 de julho de 2012

Luz da emoção

Encantado sentimento,
flor no vento,
Cheiro de amor,
Tempo encarnado,
Anjo Alado,
Voz de Mil tons,
Lágrima alegria,
Sorriso magia,
Luz da emoção!

Manu Kelé!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Um infinito tempo de amar

Te darei a rua,
Estrelas a lua.
Te darei o sol,
Cheiro das flores,
Um rouxinol.
Te darei o perfume do mar,
O melhor há
O meu pensamento,
Um infinito tempo de amar.

Manu Kelé!

domingo, 1 de julho de 2012

Anunciação

Bandeirinhas coloridas,
Fogueira no ar,
Coração dançando,
Gosto de milho,
Gonzaga no som,
O bom de junho...
Anunciar a missão,
Ser verdadeiro,
Espelhar Jesus,
Refletir a luz da injustiça,
Casa comida trabalho esperança,
Cobrar a igualdade em todo lugar...

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Florzinha amarela

Abre
A janela
Cheiro,
Tempo,
Carrega no vento,
Essa saudade sem fim...

Florzinha amarela,
Colori céu,
Laranja amor,
Traz calor,
Doce energia
Encontro vermelho,
Relampejo,
Primeiro sorriso estrelar!

Manu Kelé!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Não diga nada

Não diga nada,
respire o silencio,
Receba no vento,
O sopro de Deus,
Não diga nada,
Solte um sorriso,
Pois isso é preciso,
Pra ser feliz.
Não diga nada,
Sinta a vida,
A melhor saída,
É ter sempre amor.
Não diga nada,
Pulse a liberdade,
A melhor verdade,
Seguir o coração.

Manu Kelé!

Noite especial

Estrelas brincantes,
Ciranda da lua,
Rua de flores,
Cor do teu olhar.
Noite especial,
Festa no ar,
Mar arco-íris,
Melhor perfume.
No céu vaga-lume,
Dança feliz,
Respirar teu perfume,
Imagem verdade amor.

Manu Kelé!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Pensando em você

Flutuo borboleta,
Cores alegres,
Festa no jardim,
Flores cheiros mil...
Canto canário,
Som do coração,
Livre emoção,
Dia de paz...
Pouso mar,
Águas calmas,
Corpo molhado,
O mais sincero sentido,
Sou feliz...

Manu Kelé!

domingo, 17 de junho de 2012

Orvalho

Pingar de estrelas,
Luz cheiro flor,
Orvalho cor amor,
Sentido rumo a ti...

Olhar da noite,
Nuvem vento tempo,
Saudade som alimento,
Pensamento tua voz...

Raiar do dia,
Botão encanto mente,
Terra chão semente,
Arvore do gostar...

Manu Kelé!

Maracatu

Ser um humano,
Igual diferente,
Cor ancestral,
Pleno carnaval,
Alegria Orixá.
Quilombo interno,
Mundo moderno resistência,
Ciência africana
Som do prazer,
Sol de acender maracatu.
Banto Malé Maracatu,
Congo Dendê Maracatu,
Quizomba erê Maracatu.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Vermelho

Vermelho no céu,
Fogo na paixão,
Luz ardente amor.

Mar amarelo,
Calor sentimento,
Mistério beijo flor.

Terra verde,
Desequilíbrio o tempo,
Desejo Sonhador.

Manu Kelé!

Paixão

Sentimento floral,
Perfume do corpo,
Gosto do ser...

Lágrima doce,
Céu de alegria,
Linda magia,
Luz do viver...

Encontro do amor,
viagem Condor,
Voo da paz!

Manu Kelé!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Nuvem rosa

Lua molha mar,
Prata na visão,
Emoção espuma.

Mar molha lua,
Rua poesia aberta,
Festa das cores.

Lua molha mar,
Nuvem rosa,
Porta do azul.

Mar molha lua,
Lágrima areia,
Alegria solar.

Manu Kelé!

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Vida amor e paz

Leve poesia,
Letra flutuante,
Raríssimo diamante,
Doce profundo olhar.

Cor do pensamento,
Vento inspirador,
Céu revelador,
Intima natureza.

Poesia leve,
Som da emoção,
Alegre coração,
Vida amor e paz.

Manu Kelé!

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Céu laranja

Céu laranja,
Nuvem azul,
Saudade vestida de sol.

Mar branco,
Barco verde,
Sentimento molhado de som.

Praia colorida,
Areia vermelha,
No infinito do sonho o teu olhar.

Manu Kelé!

terça-feira, 29 de maio de 2012

Palavra calada

Tua beleza,
Move sentimento,
Me torna por dentro,
Afinador de silêncio.

Beleza tua,
Palavra calada,
Poesia muda,
Flor no coração.

Manu kelé!

Gosto do azul

Sorriso do sol,
Gosto do azul,
Encanto de sabiá.
Feliz acordar,
Respirar a vida,
Revelar as cores,
Descansar o tempo,
Viver simples
O bom da poesia,
Encarnar na alma,
Com toda calma,
O poder do amor.

Manu Kelé!

domingo, 20 de maio de 2012

Poesia de dentro

Poesia de dentro,
Sem explicação,
Move o coração
Por toda vida.

É profundidade,
Cidade Lua mar,
Parte do universo.

É todo sentimento,
Desejo verde vento
magico perfume.

É toda cor,
Beleza dom sabor,
Fogo da paixão.

Manu Kelé!

sábado, 19 de maio de 2012

Dança de pássaro

O tempo
A fala,
Amar é pra valer!
Amanhecer flores,
Entardecer perfume,
Adormecer poeira solar.
Paisagem de musica suave,
Girar de som,
Respirar arco-íris,
Abacaxi hortelã,
Gosto do beijo,
Pedaço de céu,
Dança de pássaro,
Cantar a vida.

Manu Kelé!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Sol nascente

Sol nascente,
Flor marela,
Na janela,
Sentido aberto.

Dia corrente,
Rio verde,
Na rede,
Cheiro de flor.

Céu Colorido,
Todo sabor,
Do nosso amor,
Toda energia.

Manu Kelé!

terça-feira, 8 de maio de 2012

Flor

Poema tranquilo,
Cantiga de grilo,
Raio de luar.

Céu amarelinho,
Mãe e carinho,
Acalanto pra dormir.

Poema suave,
Minha espaçonave,
Céu de carneirinhos.

Poema colorido,
Lindo sol florido,
Perfume do viver.

domingo, 6 de maio de 2012

Poema certeiro

Sorriso do olhar,
Flores no quintal,
Doce esperança,
Energia madrigal.

A cor do gosto,
Sentido marcado,
Céu do desejo,
Sonho acordado.

Tua presença,
Boa magia,
O nosso tempero,
A nossa energia.

Poema certeiro,
Vida emoção,
A festa da arte,
Nosso coração.

Manu Kelé!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Estrela estrelinha

Estrela estrelinha,
Luz do pensamento,
Me leva no vento,
Quero te encontrar .

Beijar a saudade,
Levitar o coração,
Colorir a emoção,
Beijar teus sentidos.

Brilhar a esperança,
Dançar o céu,
Desvendar o véu,
Sentir o calor,

Estrela estrelinha,
De todas as cores,
Finda minhas dores,
Acende meu viver.

Manu Kelé!

terça-feira, 24 de abril de 2012

Bailarina

Noite Azul ,
Sentido celeste,
Anjo luar,
Porta sonho,
Olhar estrela,
Boca noite,
Gosto paixão,
Coração leve,
Musica alma Vibração.

Manu Kelé!

domingo, 22 de abril de 2012

Amor por todo coração

A palavra sai do pensamento,
Se alimenta do tempo,
Se transforma em sensação.
o Sentimento o verso cultiva,
A flor do gostar fica ativa,
Vai perfumando a emoção,
Na safra o melhor fruto que há,
Não dá pra ver nem tocar,
Amor por todo coração.

Manu Kelé!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Lua











Ponta da lua,
Rua nosso eu,
Flores cheiro teu,
Sorriso do céu.

Gosto da lua,
Poema lunático,
Som fotográfico,
Noite multicor.

Formas da lua,
Palavra encantada,
Beleza formada,
Sentido crescente.

Manu Kelé

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Menina

Linda menina,
Feita de sol,
Cores do mar,
Vento rouxinol.

Doce menina,
Formosura e flor,
Perfume no vento,
Luz e amor.

Sempre menina,
Dona de si,
Vivo poema,
Nascido em ti.

Manu kelé!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Verso redondo

Sorriso de Maria,
Vestido de flores,
Sentido perfumado,
Cores poéticas.

Olhar Maria,
Corpo água marinha,
Sol do desejo,
Verde jardim.

Maria Maria,
Vida a vida,
Alma a alma,
Verso redondo.

Manu Kelé!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

terça-feira, 10 de abril de 2012

Vento solar

Catei estrela,
Senti verso,
Luz vento solar.

Colhi verso,
Respirei o azul,
Cruzeiro do sul
Mundo rumo seu.

Cantei palavra,
Ouvi o mar,
Poesia no ar
Flor pele macia.

Manu Kelé!

terça-feira, 3 de abril de 2012

Sorriso de estrela

Sorriso de estrela,
Olhar da lua,
Poesia noite a dentro,
Rosto da rua suave,
Doce nave do prazer.
Os sons do pensamento,
Colorindo a imaginação.

Manu Kelé!

sábado, 31 de março de 2012

Mundo a dentro.

Vou embora,
Mundo a dentro,
Mergulhar na poesia,
Deitar nuvem macia,
Acordar sol sabiá.

Vou embora,
Mundo a fora,
Voar solto lindo verso,
Conquistar o universo.
Natureza vento mar.

Vou embora,
Mundo tudo,
Emoção vida alma,
Palavra invento calma,
Darei asa ao coração.

Manu Kelé!

quinta-feira, 29 de março de 2012

Nada

Nada que diga, será maior do que "sinto", poesia interna, perfeição, amor, verdade!
Manu Kelé!

Mistério

Som,
Energia,
Olhar,
Mistério,
Dia,
Noite,
Caminho,
Estrela,
Alegria,
Sol
Céu
Mar!

Manu kelé!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Céu do gostar

Leia meu pensamento,
Respire no vento,
Poema colorido.

Leia meu sentimento,
Encontre no tempo,
Saúde amor.

Leia boas palavras,
Cultive flor,
Coração sem espinhos.

Leia a verdade,
Melhor cidade,
Céu do gostar...

Manu Kelé!

Somos um

Amanhecer o pensamento,
Acordar o tempo,
Sol do teu olhar,
Primeira estrela.

Encaminhar o dia,
Sentir a poesia,
Tua voz dizendo:
Nós somos um...

Anoitecer felicidade,
Brilhar de estrelas,
Verdade do melhor azul,
Céu do nosso amor...

Manu Kelé!

sexta-feira, 16 de março de 2012

Feliz

Feliz te encontrar,
Flores se abrindo,
Criança sorrindo,
Arco-íris no céu.

Feliz te encontrar,
Melhor lugar,
Estar em nós,
Nosso som no ar.

Feliz te encontrar,
Beleza da vida,
Alegria estendida,
Imensa emoção.

Manu Kelé!

Poema solto

Rosto molhado,
Sorriso de estrela,
Estrada do céu.

Flor vermelha,
Rua verde,
Janelas abertas.

Pássaro livre,
Canto coração ,
Gosto emoção amor.

Manu Kelé!

quarta-feira, 14 de março de 2012

Chuvisquinho

Chuvisquinho,
Fino sentido,
No meu ouvido
Doce memória,
O patinete,
A gloria,
A dança,
Arraia colorida no céu.
Suor correria,
Toda magia da rua,
Deixava nua seriedade,
Na melhor idade,
O tempo era esquecido,
Mundo curtido,
Imaginação feliz.

Manu Kelé!

domingo, 11 de março de 2012

Silenciou

Silenciou,
Semeou palavra,
Virou poesia,
Nasceu amor,
Cresceu flor,
E com toda suavidade,
Recitou Chico: Eu te amo!

Manu Kelé!

Sonho

Sonho acordado,
Amor guardado,
Cofre coração.

Sonho colorido,
Nuvens sorrindo,
Minha emoção.

Sonho real,
Gostar verdadeiro,
O dia inteiro,
Pensar em você.

Sonho sonhar,
Céu, sol, mar,
Nosso calor.

Manu Kelé!

sábado, 10 de março de 2012

Paz

Quantas palavras cabem num poema?
Quantos sons guardo na memória musical?
Quanta saudade tenho que sentir?
Por quanto tempo tenho que existir?
Até quando o capitalismo vai resistir?
Qual ciência nos faz a crer no amor?
Até quando a fome vai fazer tanta dor?
E se Deus quiser o nosso senhor?
E se o homem destruidor?
Cuspir na verdade?
Não terá idade de ver?
Um dia todos vivendo de igualdade na diferença ?
Curtindo a enorme paciência da paz?
Manu Kelé!

terça-feira, 6 de março de 2012

Choro de nuvem

Sem você,
Sem poesia,
Alma fria,
Rio triste.

Sem você,
Pássaro sem ninho,
Lugar sem caminho.
Deserto e fim.

Sem você,
Sem luar,
Rua âncora mar,
Mundo perdido.

Sem você,
Dia sem Cor,
Jardim sem flor,
Nuvem a chorar.

Manu Kelé!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Alma África

Janela da vida,
Flor espinho,
Caminho abrindo,
Vereda Coração.

Horizonte Aceso,
Fogo sentido,
Céu sorrindo,
Mergulho azul.

Sol igualdade,
Verde vermelho,
Amarelo preto,
Jamaica som negro.

Melhor lugar,
Identidade,
Negra cidade,
Alma cor África.

Manu Kelé!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Amor moderno

Quando o tempo me levar, você permanecerá dentro de mim! Poema suave eterno , amor moderno que transcende nossa existência!
Manu Kelé!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Sol aberto

Sol aberto,
Flor Lilas,
Gosto paz,
Fluido amor.

Céu fechado,
Som vermelho,
sonho espelho,
Palavra azul.

Sol e cor,
Vida aberta,
Arco-iris floresta,
Som querer!

Céu poema,
Sonho concreto,
Pensamento certo,
Verso reverso ser!

Manu Kelé!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Verde Verso

Cores flores mil,
Janelas pesamento,
voo contra o tempo,
Pra te encontrar.

Cores mil flores,
As dores macias da saudade,
Invadem a idade inexiste.
Poema na gente é se querer.

Céu verde verso,
O que eu te peço:
Nunca, nunca me esquecer!

Manu Kelé!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Amar

Num futuro próximo , o mar vai mover meu pensamento, teu cheiro virá no vento. tudo na vida será amar, na forma mais perfeita que Deus possa imaginar!
Manu Kelé!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Primavera

Flores sorrindo, primavera, dia lindo, o sol vermelho de amor pela terra, queimando seu corpo numa emoção milenar.
Manu Kelé

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Cheiro poético

O cheiro poético das flores no vento, teu nome escrito no tempo mandala girando num sentimento colorido pela verdade : O melhor da vida é amar.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Brilhante poesia

Brilhante poesia,
Claro dia,
Verde sol,
Arvore fevereiro,
Natureza começo,
Vento quente,
Beijo ardente,
Calor abraço,
Desejo solto no ar.

Manu kelé!

Please don´t go

Please don´t go!
Não cale o som das estrelas,
Não apague o sorriso da lua,
Não deixe a rua da inspiração vazia.

Please don´t go!
As nuvens vão chorar,
As flores manchar,
A tristeza doerá nos sentidos.

Please don´t go!
O nós é tão importante,
Raríssimo diamante,
Valor poético sem fim!

Manu Kelé!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Poética paciência

Gira saudade,
De calar o mar,
Descolorir o céu,
Apagar o sol,

Escorre saudade
Rio lágrima,
Dor ausência,
Na poética paciência,
De encontrar.

Manu Kelé!

Nasço cor

Planto palavra,
Colho sentimento,
Meu alimento,
Minha emoção.

Nasço flor,
Vivo perfume,
Sou vaga-lume,
Luz e clarão.

Broto mar,
Transpiro cor,
Pro meu amor
Teu coração.

Manu Kelé!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Folhetim

Velhas palavras,
Novo poema,
Amor saudade,
Luz inspiração,
Folhas bordados,
Sentimentos e chaves,
Vulcão flamejante,
Flores sinuantes,
Profundo amantes,
Alma rua,
Som folhetim,
Fim verdade,
Cidade anjo,
Um banjo,
Um toque,
Emoção.

Manu Kelé!

domingo, 29 de janeiro de 2012

Concreto

Palavra concreta,
Parede pedra,
Cabelo testa,
Costa mar,
Peixe fome,
Letra nome,
Disco voador,
Vinil Caixa,
Mare baixa,
Rio caranguejo,
Vara azol,
Folha caracol,
Lençol maranhão,
Bala canhão,
Cidade lixo,
Mundo bicho,
Terra menino.

Manu Kelé!

Cajá

Amarelo cajá, Gosto que dá, Beijo encantado, amor encarnado Tatuado na alma..

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Musica do mar

Flor de palavras,
Cheiro no ar,
Alegre beija- flor ,
Musica do mar.

Sentido e aguçado,
Janela da vida,
Beijo adoçado,
Ação atrevida.

Estrada da vida,
Lindo caminho,
Poema marcado,
Com teu carinho.

Manu Kelé!

sábado, 21 de janeiro de 2012

Acorde

A flor se abriu,
O céu sorriu,
Derramou o azul,
Festeje a alegria,
Diga bom dia,
Sinta o verso,
Acalme a alma,
Pise na palma do chão,
Sentindo a energia de Deus!

Manu Kelé!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Açaí

Eu açaí,
Flor da pele,
Cor da alma,
Gosto da fruta,
Cheiro da calma,
Doce jeito,
Peito aberto pra amar.

Eu açaí,
Pele flor,
Som do bem,
Mar feliz,
Onda que vem,
Céu de iluminar a paz!

Eu açaí,
Poesia Aberta,
Musica livre,
Natureza certa,
Estrela sorriso do céu!

Manu Kelé!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Passarim feliz

Quero te dar poema,
Uma flor,
Uma pena,
Pavão misterioso,
Um som gostoso,
Pra o corpo e coração.
Quero te dar emoção,
Respirar o mesmo ar,
Nos teus sonhos voar,
Feito passarim feliz!

Manu Kelé!

domingo, 15 de janeiro de 2012

Dança da lua

Você lembrar de mim?
Poesia sem fim,
Saltitar de estrelas,
Dança da lua,
Alegre rua,
Grito de esperança,
Dança de canário,
Reza de rosário,
Fé em todos os santos,
Sentimentos e encantos,
Profunda emoção.

Manu Kelé!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Giro

Tudo flores,
Tudo amores,
Sem espinhos,
Sentimentos leves,
Borboletas cores,
Fim das dores,
Alegre jardim,
Nascer poesia,
Vibrar todo dia,
O céu girando em mim!

Manu Kelé!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Tonta saudade

Tonta saudade,
Girar estrela,
Lágrima luar,
Nuvem poeira,
Sol flores,
Jarro fogueira,
Grama amarelo,
Girassol mangueira,
Tonta saudade,
Lua mar,
Terra Caracol,
Nota anzol,
Musica coração.

Manu Kelé!

sábado, 7 de janeiro de 2012

Energia astral

Primeira poesia,
Luz do sentimento,
Sol do momento,
Sentido de mar.

Primeira poesia,
Tarde sem fim,
O azul em mim,
Cheiro corporal.

Primeira poesia,
Palavra positiva,
Natureza viva,
Energia astral.

Manu Kelé!