domingo, 13 de dezembro de 2015

Poema de lua

Um poema de lua crescente
Rodopiou contente pelo céu da inspiração
O coração das palavras disparou
Seu brilho resplandeceu
E tudo isso aconteceu numa noite serena de amor!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário