sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

ANJO

O AZUL
O MAR
POSTO EM MEUS OLHOS NÚS
A BELEZA,
A NEGRITUDE
FLORES COR-DE-SOL,
A GINGA
INCORPORADA NAS PALAVRAS
E NUM CORPO DE ONDAS SINUOSAS.

Manu Kelé!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Comunidade do Macaco


Ví pássaros livres,
Respirei o verde,
Me deitei na rede,
Sorri prás estrelas.

Não contei o tempo,
Me diverti com o vento,
Estive livre da cidade.
Da fumaça,
Da idade que imagino ter.


Vivi a comunidade verdadeira,
Onde se valoriza a brincadeira
A partilha do bem querer,
O convivio com a natureza.

Manu Kelé!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Cor

O vento
A folha
O contentamento
A cor
O céu
O alimento

O sol
A nuvem
O eu cigano
Meu plano
A conquista
A vida
O gosto
Da poesia colhida
Das entranhas da alma!

Manu Kelé

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Amor

Eu nem sei se sou poema,
Perfeito não sou,
Talvez seja uma energia,
Que se transforma em amor!

Manu Kelé!

Estrela

Como um andarilho, desses que cata papel,
Vivo a procurar no céu,
Uma linda estrela,
Pra enfeitar meus poemas...

Mas isso não vale a pena,
Pois eu a tenho
Pertinho de mim,
Sempre que sorri,
Ela me transforma em verso,
As vezes nem peço, generosamente,
Ela num repente,
Me beija com gosto de amor!

Manu Kelé!

domingo, 8 de fevereiro de 2009

É bom viver

Manhã cedinho
Céu azulzinho
Acorda sol,
Canta Canário
Canta Pardal
E Rouxinol.

Flores macias
Que alegram o dia
Estão aqui
A poesia me contagia
È bom viver!

Manu Kelé! Poema musicado pelo autor!