terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Golfinho

O cheiro das flores,
Tocando minha pele,
Que se revele o amor que eu dei!

Amei como um golfinho ao mar,
Me entreguei ao olhar da sereia !
Naveguei no mar do prazer!

Mas o que aconteceu?
Nem Deus consegui explicar,
Ela me deixou!
E os dias ficaram
Marrom tamarindo!
Gosto de azedo na esperança!
Dança de lágrimas na imensidão do gostar!!

Manu Kelé !