terça-feira, 21 de julho de 2009

O colorido


O colorido
O poema
Os olhos da alma!
Visões do futuro,
Linguagem que acalma.

Sou pássaro livre,
Graúna e Campina,
Sou tudo que existe,
O som que te anima.

Palavras de rendas,
Retalhos da vida,
Sertões da esperança,
Inspiração repartida!

Manu Kelé !

sábado, 18 de julho de 2009

Despertar


No fundo do Sol,
Uma nota Clareia o som,
Desperta a vida,
Pintando o tom do amor!

Perto do peito,
Ãnima energia ,
Contagia os que acreditam:
A fé e a poesia podem salvar a humanidade!

É verdade,
Com a ajuda dos orixás,
A natureza transmite,
Toda beleza e certeza do bom viver!

Manu Kelé!


quinta-feira, 16 de julho de 2009

Vento no Cabelo


Gostei do vento no cabelo,
Da tua pele roçando na minha,
Do trabalho e suor
Pra conseguir teu carinho.

Gostei e gosto
Me derreto todinho
Quando escuto a tua voz
Chamando meu nome!

Gosto e gostei
Do que hoje eu sei,
E tenho plena certeza,
A corretenza do amor
Nos levou ao mar de amar, amar, amar ...
Numa onda infinitamente boa!

Manu Kelé

Amizade Virada


Amizade virada

Transformada em cores,

Traçado fins das dores

O amor navegando

no peito,

Tal barquinho

colorido no mar

da emoção!

Manu Kelé

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Flor no coração


As vezes mesmo sem querer
Por força do destino,
Nem sei ao certo responder...
O amor acontece,
Se enraiza e vira flor no coração!

Manu Kelé!

terça-feira, 14 de julho de 2009

Olhar caramelo


Olhar caramelo,
Doce firmeza,
Alegria sincera,
Show da beleza.

Poesia que voa
Tempo alado,
Sonho acordado,
Meu verso é você.

Sorriso lindo
Um ser feliz,
É sincero o que diz
O anoitecer: As estrelas são os olhos de Deus!

Manu Kelé!






Poesia que passa

Poesia que passa!
Vestido de flores,
Andar leve,
Ginga de balançar coração.

Poesia que fica!
Um olhar sol,
De fisgar gente,
Preso no desejo,
Pássaro cantante.

Poesia que agita!
O coração no mundo,
Profundo sentidos,
Louco ou perdido?
Profunda emoção.

Manu Kelé

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Colírio


Lirios no olhar,
Colirio,
Quando ela passa,
As flores recebem sua cor,
O cheiro a maciez.

Delírio
Pensar no seu abraço,
Fim do cansaço,
Boa vida.

Poema,
Lembrança da pele,
Verdade do olhar!

Certeza,
Todas as estrelas,
Ao anoitecer serão tuas,
E nas ruas,
Minha poesia vai te encontrar!

Manu Kelé

Terra e firmeza

Teu olhar,
Cheiro de flores,
Muitos amores em mim.

Teu carinho,
Gosto de beijo,
Todo desejo sem fim.

Tua pele,
Terra e firmeza,
No encontro a certeza,
Teu calor meu jardim!

Manu Kelé