sábado, 31 de dezembro de 2016

Folha

De folha em folha caída
Vão se renovando os melhores frutos da vida!

Manu Kelé!

Sol do amor

Poeiras de azul preenchem os meus olhos
Beleza harmonia
O dia nasce com toda força
É manhã do último dia do ano
Não me engano
O próximo será melhor
Vou tentar revigorar as energia
Cultivar carinhos para as companhias
Me empenhar no trabalho
Tentarei ajudar alguém sempre que necessário
Continuarei imperfeito
Mas seguirei levanto no peito
O brilho incessante do sol do amor!

Manu Kelé!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Medo

Nunca tive medo da emoção de te amar
Respeito tuas crenças diferenças
O teu jeito de gostar
Agradeço ao universo
Sigo versejando a verdade
Nasci para você
Mesmo estando longe nunca vou te esquecer
No corpo a esperança
No coração a confiança
Sei que tudo não vai ficar assim 
Pois o destino vai trazer você pra mim.

Manu Kelé


domingo, 25 de dezembro de 2016

Coração de cada palavra

Dentro do coração de cada palavra desse verso
Existe um confesso "Te amo"!
Reclamo
Desejo
Festejo quando acontece tua atenção
Paradoxalmente desfaço todas as angustias e imperfeições da nossa relação
Quando festejo sem duvidar
A magia inexplicável de tanto ti gostar!

Manu Kelé!

Meu Deus

Será que os seus estão nas áreas menos favorecidas da sociedade ou por toda parte ?
Será que você nos quer todos iguais?
Jamais nos abandonou?
Peço então por favor dai-nos força para continuar
Pois no momento o que acontece no mundo inteiro é uma incontestável verdade:
"Ricos cada vez mais ricos a custa de pobres cada vez mais pobres"!

Manu Kelé!

O tempo infinito do amor

Ainda é cedo no tempo do amor
Mas já se passaram milhares de anos
Mesmo assim em nossos planos
Não existem pensamentos concretos para que possamos melhorar nosso afeto e redimensionarmos o sentido do amor
Ainda somos egoístas
Individualistas
De certa forma presos a uma maneira de amar imposta pela conjuntura cultural a qual estamos inseridos
Mas qual seria a saída pra amarmos concretamente
Não tenho em mente formula ou mágica
Emoção ou razão perfeita
O fato é deveríamos todos aprender a sermos mais livres
Mais abertos
Desapegados em nossos sentidos de amar
Talvez amar por amar
Sem esperar o mesmo amor do outro
Doando-se inteiro na busca do seu bem
Será que Isso terá um peso dentro de nós?
Será  que por mais sóis que a gente consiga passar
Ainda soará a vontade de receber igualmente de volta esse amor
Seja como for
Ainda é hora de evoluir
Tentar fazer  surgir dentro de nós
Uma voz
Uma vontade
Uma verdade
Precisamos aprender a amar
Na certeza de que tudo será melhor
Quando o amor mesmo por vários instantes desse seu tempo infinito
For o sentimento mais importante
Indelével dentre toda a humanidade.

Manu Kelé!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Tempo estrelar

A noite invade meus sentidos
Ouvidos estômago garganta
Vou adiando a minha pressa
Pois mesmo depois do tempo de existência de uma estrela
Não vou conseguir esquecer você!

Manu Kelé!

Muito bom

Muito bom
Sentir 
As palavras que saem da minha inspiração 
Querendo ocupar teu coração 
Transformando todo sentimento em fonte
De carinho
Amor
E paz entre nós. 

Manu kelé

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Vamos fugir pra Guara

Vamos fugir pra Guara
Encontrar o sol
Sorriso de flores
Nos envolvermos nas cores desse nosso amor
Que começou semente
E tocou a gente
Corpo e alma
Lindamente como a calma de Guraramiranga
Vamos fugir pra Guara.

Manu kelé

Pipoca colorida

A intuição com as palavras
Me deixa a versos luz distante da normalidade
Sinto uma verdade caleidoscópica
Pipoca colorica no céu da mentira.

Manu Kelé!

Holístico sentido

Não sabia que ia gostar tanto assim
Desse teu olhar
Que faz amanhecer um céu
Que é doce mel
Cor da divina arte
Parte do holístico sentido
Do evoluído sentimento que é amar você!

Manu Kelé!

Enamorado

As vezes a saudades é boa pois voa certeza do teu amor por dentro de mim 
Fico assim tão estrelado
 Enamorado da tua extrema beleza!

Manu kelé

Ave flutuante

Palavras palavras palavras
 Asas da imaginação
 Meu coração bate suave 
Sou ave flutuante
 Amante  profundo 
Da emoção de te gostar assim tão infinito. 

Manu kelé!

domingo, 18 de dezembro de 2016

Nosso amor no ar

Não consigo ver os teus silêncios
Eles são tão suaves que fogem aos olhos
Mas senti-los é imprescindível
Porque torna possível
Ouvir o nosso amor no ar!

Manu Kelé!