quinta-feira, 31 de março de 2016

Outras coisas

No mundo da poesia pulsam outras coisas
Tudo anormal
Pedra é sentimental
O céu fica triste
O mar bravio
O navio pode voar mar a dentro da inspiração

No mundo da poesia
As palavras têm magia
Alcançam a emoção
Balançam o coração
Fazem a vida melhor.

No mundo da poesia
O sol se alegra
Nasce menino
Traça o destino
Ilumina até o coração de Deus.

Manu Kelé!

Como não gostar?

Como não gostar de você?
Se ao te ver
A minha alma floresce sorriso
Se for preciso
"Entorto o meu caminho pra encostar no teu"
Tu me dissestes
Farei tudo pra você não ficar triste
Mas a minha inspiração não resiste
A tua tristeza é minha tristeza
A tua alegria é minha alegria.

Manu Kelé!

quarta-feira, 30 de março de 2016

Fermento

No jogo das palavras
O verso sempre ganha
Não adianta apostar
A inspiração é mar
Tem cores infinitas
Luzes bem ditas
Virtude divina
É a alma desnuda em sentimento
Melhor fermento pra fazer crescer o amor entre nós.

Manu Kelé!



Quando

Quando estrela
Desejava  brilhar no teu coração

Quando flor
Roçar tua pele
Exalar emoção

Quando sol
Brilhar teu céu

Quando terra
Ser  tua geografia

Quando mar
Te amar intenso
Com imenso carinho.

Manu Kelé!

Bom

O bom do dia é pensar em você
O da tarde inspirar-me na tua beleza
O da noite a certeza da melhor poesia
Sentir a magia de te amar!

Manu Kelé

Quantos amores?

Com quantos amores você constrói a sua felicidade?
Infinitos como as estrelas?
Ardentes como o sol?
Sagrados como Deus?
Abençoados ?
Guardados?
Compartilhados?
Livres ?
Descobertos de preconceitos?
Amores de verdade?
Amores de respeito?
Será mesmo que amar a vida é o melhor preceito?

Manu Kelé!

A chuva diz

A chuva é um poema frio
Que esquenta a esperança
Aumenta a confiança
Faz o agricultor feliz

A chuva diz
Versos em cores
Nós possíbilita os sabores
Melhora nossa vida

A chuva linda emoção
Acalma o coração
Diminui o calor
Fertiliza o amor
Nas noites é pura poesia.

Manu Kelé!

terça-feira, 29 de março de 2016

Pessoa

Um dia
Outro dia
E o amor surgia modificado
Do que era apresentado no sonho
"A realidade é sempre mais ou menos
Do que nós queremos"
Pessoa
Voa
Com as asas da sensibilidade
E diz uma verdade
O amor é uma eterna construção
Que não se encerra em nosso coração.

Manu Kelé!

Nem era estrela

Eu que nem era estrela
Brilhava toda noite em teus braços
O nosso céu de carinho
A nossa lua de ternura
Mas como nem tudo dura
Você se foi
E agora e depois
O destino vai me dar calor
Para eu continuar acreditando no amor!

Manu Kelé!

Estrelinha pura luz

Estrelinha de pura luz
Me conduz pelo melhor caminho
Me protege com o teu carinho
Acalma o meu coração
Pois nesse nosso mundo
Vivemos de emoção
Uns tem tanto
Outros nada
Na calçada da sorte
O norte aponta pra uma minoria
Mas não devemos desistir
Enquanto tivermos aqui
Lutemos por melhor condições de vida
Soluções para tantas injustiças.

Manu Kelé!

Refazer os planos

Quem ganha de presente a vida o que deve oferecer em troca?
Pergunta difícil de responder
E o que fazer?
Que tal refazer os planos
Diminuir os danos que você constrói para si
Viver de bem com os outros
Não consumir drogas
Ajudar as pessoas
Só fazer coisas boas
Visitar o mar
E amar amar amar
Que é a ação mais importante dentre todas as outras!

Manu Kelé!

Infinita inspiração

Quase cinco horas
A chuva ainda caí pensativa na tarde
Será que poesia ainda arde de saudade?
O mar de amar não está bravio ?
Está mesmo calmo verde degradê
E quem me vê assim tão contente
Não imagina a minha mente
E principalmente meu coração
Está fluindo tanto amor  quão infinita inspiração.

Manu Kelé!

Circunflexo

Desprezar a poesia
Quem diria
Ela nem olhou os meus versos
E eu circunflexo e agudo
Jogou todo meu sentimento ao vento
O tempo irá dizer?
O que irá acontecer?
Não vou mesmo me estressar
Porque na verdade o melhor da vida é amar
Mesmo a quem desdenha tão carinhosa inspiração .

Manu Kelé!

O melhor da poesia

A melhor ação da poesia não é juntar palavras e formar sentidos
É na verdade aquilo que é trasngredido por dentro
Na alma
Na calma internalizada em cada palavra
Na ação transforadora dos momentos
Movimentos reversos
Versos de te fazer melhor
De verter suor e lágrimas em vida feliz.

Manu Kelé!

segunda-feira, 28 de março de 2016

O que fazer?

O que você pode fazer?
Todos os dias são carregados muitos problemas
Coisas de destoar a emoção
De fazer estremecer o coração
Mas tenha ciência
O Chico dizia:
Não existe problema que a paciência não consiga resolver
Sabe o que temos que fazer
Vivamos a vida da melhor forma que a gente nunca consiga esquecer
De tanta felicidade por ter encontrado o amor de verdade.

Manu Kelé!

Chocolate

Chocolate
O menino pedia com alegria nas palavras
Mm Diamante negro Ferrero Rocher
Imaginava-se lambusado
Delirantemente mergulhado em delicada poesia
Amava aquele sonho e sentia todo o gosto com a profundidade de sua alma.

Manu Kelé!

Luas

Guardava uma lua minguante
Esperava uma lua crescente
Vivi uma lua nova
A paisagem coloriu 
Minha inspiração se abriu 
As palavras voltaram a sorrir
Tudo virou emoção 
Desde o dia que tive a plena certeza
Que a minha musa me guarda em algum pedacinho do seu coração.

Manu Kelé!

Velho sonho

Uma velha câmera
Um velho sonho
Tentativas incessantes 
De errante em errante ajustes
Mínimos e máximos acertos
Surge uma real 
Linda poesia visual.

Manu Kelé!

Teus cabelos

Teus cabelos
Versos em fios
Gira sóis
A dentro da minha inspiração
De tanta emoção
Quase fico sem palavras
Mas quando mergulho no mar do teu olhar
As palavras navegam céu a fora
E depois disso,
Sem demora
Encerro esse verso que tem pouca graça
E logo passa não consegue resistir a imensurável poesia que é a tua beleza.

Manu Kelé!

Mirar-te

Quero mirar-te em mais profunda poesia
Esquecer as horas
Eternizar os dias
Tu já sabias que a minha inspiração é tua?
As ruas dos meus versos andam enfeitadas do teu olhar
Enamoradas com o luar da tua beleza
Crescentes de amor
Enovadas do teu calor
Mas quando estamos perto nem sei o que faço
Das ações inusitadas
A melhor mesmo é te dar um infinito abraço.

Manu Kelé

domingo, 27 de março de 2016

Linda

Luzes de dentro me fazem enxergar a
Imagem perfeita
Navego nas cores 
Dou  mil graças ao universo de todo coração
Assim te fez o amor, minha mais linda inspiração.

Manu Kelé!


Profundadamente

Miro estrelas
Cresço luas
Enfeito versos ruas
Exponho palavras nuas
Desconsidero a maldade
A melhor verdade da arte é a loucura
A cura para desilusão
É abrir o coração pra o sonho
Tornar real com fervor
O mais profundo e escondido amor.

Manu Kelé!

Ponta de palavra

Ponta de palavra afiada
Corte de profunda loucura
Quando o coração senti a milésima potência
A frequência do bem querer está alterada
Então é hora de deixar a mente parada
Refletir ponderar
Começar a amar
Identificar o que for ilusão
Desligar-se completamente dessa ardente paixão.

Manu Kelé!

Até o meu infinito

Quero amar até o tempo do meu infinito ...
Despojado de crivos e amarras
Totalmente liberto solto
Das garras do egoísmo individualismo
De todos os ismos que provoquem o desamor.

Manu Kelé!

Todo dia

Todo dia é um novo começo
Se não der nada certo
Faça tudo de novo
Até encontrar o amor
Quando ele for a maior motivação da sua vida
Tudo estará certo
Quando perceber estarás feliz!

Manu Kelé!

Nem no Circo

Espetáculo pra minha inspiração
 Melhor do que teu abraço
                  Nem o Circo de Soleil!

Manu Kelé!

Toda poesia

Saudade de ter você pertinho de mim
De sentir teu coração 
Batendo junto ao meu 
Na  mesma frequência
Na paciência zen
De toda poesia colorida em mim
Provocada por você.

Manu Kelé!

Simplesmente musa

Simplesmente por ser
              Me refaço em você
          Tão doce magia
Enquanto vivo a melhor poesia.

Manu Kelé!

Casa de mãe

Casa de mãe
Abraço natural
Emoção ancestral
Umbigo de carinho
Céu de emoção
Libertação
Fecundação das melhores energias
Das que ajudam enfrentar melhor os nossos dias!

Manu Kelé!

O azul

O azul mais claro vai se despindo
O noturno vai surgindo
Bordado de estrelas
Metamorfose que emociona a lua
E alegra todas as ruas e cidades
Ilumina a verdade da minha inspiração.

Manu Kelé!

Saudade que me faz

A tarde naturalmente chama a noite
As estrelas vão brilhar
Ascender o céu de carinho
Luz que me preenche todinho
Da da saudade que me faz o teu olhar.

Manu Kelé!

Nosso viver

Me entrego de corpo e alma a esse querer
                  Com a calma de um amanhecer
Floresço de amor todos os dias
Querendo permanecer
             No teu coração
Na tua emoção
           Na linda arte
Do nosso viver.

Manu Kelé!

O que faço?

O que faço com essa saudade
Que só me deixa pensar em você?
O mundo não me ver
As horas me esqueceram
Estou fora do tempo
Não sei até quando aguento
Volta logo por favor!

Manu Kelé!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Casa comum

Círculos holísticos
Assim é o planeta
Sua nossa casa comum
Alguns nem ligam

Centralizam suas ações na exploração
Hostilizam o povo destroem a natureza
Mas até onde vai essa irresponsabilidade?
Um dia quem sabe quando todos sentirem que irão perder a casa
Massificarão a vontade de protege-la cuidarão  ou acabarão de vez com a nossa casa comum?

Manu Kelé!


As flores


As flores sorriram pra mim
E foi assim mar de cores a primeira vista
Um Róseo
Um verde
Um amarelo
Um azul
Tudo lindo de encher os olhos de inspiração
E o meu coração
Que é danado pra voar de poesia
Mergulhou toda magia de uma doce paixão.

Manu Kelé!

Flor linda flor

Flor linda flor
Respiro suas cores
Infindo minha inspiração
Voo emoção
Eternizo  teu olhar

Flor linda flor
Sinto as pétalas do teu carinho
Exalo o cheiro do meu desejo
Sou dominado pelo beijo
Que ainda nem te dei

Flor linda flor
Tu colori meu jardim
És verso vital pra mim
Luz do meu infinito amor.

Manu Kelé!

Completamente

Disparei poesia  pra todos os lados
Infinito a dentro da inspiração
A emoção das palavras tomou conta de mim
Estou mesmo assim:
Supremo êxtase
Infinito calor
O que farei então?
Se o amor quer dominar completamente o meu coração.

Manu Kelé!

Flor

Flor é poesia
Macio carinho
Beleza em cor
Prova maior do amor
Lindo e suave de Deus.

Manu Kelé!

Riqueza

Os carros começam a cruzar a cidade
O barulho é poesia triste
Que nos deixa riste
Escravizados do tempo
Trabalhar é necessário
É bom ter o salário
Mas não é o melhor da vida
O melhor é a poesia
A liberdade de pensar
E querer mesmo sonhar
Que todos possam trabalhar
E juntos sem restrição
Curtir a emoção descabida
De receber como pagamento merecido boa parte da riqueza produzida!

Manu Kelé!

Amar sem limites

Um verso geométrico
Quis entortar a minha poesia
Nem era dia nas palavras
Nem era cores no céu
Nem era anel de saturno
Foi um tremendo absurdo
Ele queria mesmo regrar o amor
Limitar a inspiração
Deixar as palavras sem respirar
Tenho que confessar
Fui salvo pela loucura
Essa que dura infinito
Essa linda moça que me faz criar
Essa  que não me dar palpites
E me deixa amar sem limites.

Manu Kelé!

Amo amar você

Palavra por palavra
Silencio por silencio
Emoção por emoção
Coração por coração
É poesia de repetição
Idem idem idem
Amo amar você!

Manu Kelé!

Domínio do mar

O gosto de um novo dia
Paladar da poesia
A magia de te querer
Melhora o meu viver

Absorvo melhor as cores
Ascendo a inspiração
Embalo meu coração
Com a luz da tua beleza

O cheriro do azul do céu
Versos do teu olhar
Te amar é tão natural
Quanto a força que domina o mar.

Manu Kelé!

quarta-feira, 23 de março de 2016

Traquinagem

A poesia é a negação da mesmice
É Meninice
É traquinagem do verbo!

Manu Kelé!

Delicadeza

Toda delicadeza da poesia
É encontrada na magia das palavras
Das mais lindas
Das que nos fazem melhor
Das que conseguem sustentar nossa felicidade.

Manu Kelé!

Loucamente

Loucamente poético
                Mergulho no interior das palavras
As vezes não respiro quase nada
        Mas quando tenho sorte fico feliz
                 Algo me diz que está tudo errado
                 Que o meu amor não é pra estar guardado
          Que deveria ser libertado
   Pra habitar eternamente em teu coração!

Manu Kelé!

Caco

Quando eu penso que a loucura tá saindo de mim
Ouço a voz das estrelas
Sinto o som do brilho da lua
Absorvo as cores da rua
Voo na emoção de te gostar de montão
E o meu coração que era caco e se refez
Bate com a sensatez
De quem ama muito além da paixão.

Manu Kelé!

É

É natural que o azul seja poesia
É normal acordar o meu dia pensando em você
É fenomenal inspirar-me da tua beleza
É magistral sentir-me teu poeta
É legal alegrar-me e fazer uma interna festa
Cada vez que penso no nosso amor!

Manu  Kelé!


Sete vidas

Mesmo não sendo literalmente gato te amarei por mais de sete vidas!

Manu Kelé!

Sagrada poesia

Que ventos sopram esse amor
Que vence o calor das dificuldades
Para permanecer em nós?
Tão forte como o céu 
Tão poesia quanto o mar
Tão real quanto a beleza da natureza
Tenha certeza 
Se ocupo uma parte qualquer no teu coração
Não serei feliz por um dia
Mas durante todo o tempo infinito
Dessa linda e sagrada poesia!

Manu Kelé!

Águas claras

Nas águas claras das palavras
Cristalizam-se verdades
Desprezam-se vaidades
Contemplam-se emoções
O melhor é que as diferenças
Sejam respeitadas
Em suas mais profundas escolhas e ações
Que os corações não deixem de perdoar
É na maior das utopias
Que o amor seja a maior terapia contra
Toda exploração, discriminação,injustiça e desigualdade.

Manu Kelé!

Sol da inspiração

Raiou o dia na poesia
O sol da inspiração acordou
Iluminadas cores
Romperam a aurora
Agora
        Toda minha lucidez
Todo meu carinho
        Toda minha emoção
Toda minha criatividade
        Querem na verdade
Habitar teu coração.

Manu Kelé!

terça-feira, 22 de março de 2016

Real

A noite toca a minha pele
Que se revele estrelas dentro em mim
Assim brilhará nossa emoção
Os corações batendo mesmo compasso
No melhor espaço da tua geografia
Não guardarei platônica poesia
E sim todo meu real amor.

Manu Kelé!

Quase

Quase sol
Quase lua
Quase rua
Quase céu
Plena certeza
Minha poesia
Não consegue alcançar a imensidão
Da tua beleza 

Manu Kelé!

Segundo sem fim

É certo 
         Segundos sem fim 
O silêncio toma conta de mim
          Viagem emoção verdade
           Quando a minha inspiração respira tua suavidade.

Manu Kelé!


Nosso coração

A noite me suaviza com o seu carinho
A lua de tão linda me arrepia todinho
A poesia do céu é pura emoção
Meu coração se inspira de calor
E o melhor do meu amor
É estar dentro do nosso coração!

Manu Kelé!

Asas de palavras

Minhas asas de palavras voam poesia
Querendo chegar aos céus
Do teu olhar
Do teu coração
Da tua emoção
Numa ação linda e calma
Fazer você florir nos sentidos da alma
Toda a imensidão do meu amor.

Manu Kelé!

Sintomas agudos

Se você ver estrelas pela manhã
Senti o calor do sol em plena noite
Respira de emoção
O coração bate a mil quase sem parar
Não adianta
Melhor se entregar
Não vai mesmo dominar a situação
Você está com sintomas agudos de paixão!

Manu Kelé!

Perigo do amor

O maior perigo do sentido profundo do amor é a felicidade
Atingindo essa fase mesmo sem porque
O mundo não vai te compreender !

Manu Kelé!

Borboleta estou

Quando borboleta estou
Cores sou
Esqueço o mundo
Num infinito segundo
Reflito profundo amor.

Manu Kelé!


segunda-feira, 21 de março de 2016

Gratidão

Toda noite
As estrelas sentem a poesia do céu 
Com emoção gratidão e calor
Reluzem o seu amor.

Manu Kelé!
         
   

Voar sem asas

Passeio palavras a dentro
Ouço seus corações
Tocam sons coloridos
Distribuem emoções
Quando a poesia irradia energia surpreendente
Quando o amor toma conta da gente
O tempo nem passa
Movimenta-se o impossível
E num ato imprevisível conseguimos voar sem asas.

Manu Kelé!

Obrigado pela poesia

Ondas de inspiração
Brisas de suave amor
Ramalhetes de carinho
Inspiração não se agradece
Guarda-se no coração
Amanhecendo emoção
Disseminando nas entranhas
O gosto pela poesia

Palavras
Emanadas
Linguagem
Ascendida dentro em mim

Por causa do estagio que tu me causas
O meu interior
Exala cores
Suaviza a vida
Impede a infelicidade
Aumenta minha capacidade de amar.

Manu Kelé!

Iluminado

A noite chegou
A primeira estrela encantou o céu
Brilho e sorte
Pra levar pro norte toda  tristeza
Ascender na alma a certeza
Estrelas são olhos de Deus
Abençoando todo amor
Iluminado em nossos corações.

Manu Kelé!


Camila Lélis

Caminhos da vida que nos encontram
A sorte é minha melhor amiga
Me indicou você pra me refazer
Inspirar mudanças
Lançar esperanças
Amar cada vez mais a minha voz
Lindos são os designos da vida
É assim que vou me reerguer
Lindamente reaprendendo a cantar falar melhor
Inspirando-me com sua simpatia
Suavemente cuidado por Camila.

Manu Kelé!

Astro amarelado

Um astro amarelado
Todos os dias nos mantém acordado
Sua força é inquestionável
Sua energia admirável
Sua poesia vital
Diante dessa magnifica situação
Por que não agradecer ao céu de verdade
A linda possibilidade de florescer  amor no coração da humanidade.

Manu Kelé!

domingo, 20 de março de 2016

Quem vai ?

Se a noite dormir quem vai acordar o dia?

Manu Kelé!

Elis

Já ouvi uma estrela cantar
Seu canto de luz iluminava o céu
As cores da noite dançavam
A lua sorria lindamente
De repente meu sonho acabou
Mas o som na minha memória ficou
Vibrou certa lucidez
Continuei feliz
Acordei ouvindo Elis.

Manu Kelé!

Sorte no amor

Sinto em mim crescente lua
Ondas de carinhos 
Rios de florida inspiração
Todos os dias respiro sons
Eternizo palavras
Namoro a poesia 
O amor floresce
Assim como sol
Melhor energia
O teu olhar é magia que
Renova a minha inspiração.

Manu Kelé!

Que tons

Que tons terá essa noite?
Do teu olhar?
Do brilho das estrelas?
Das telhas da minha casa?
Da nona sinfonia de Beethoven?

Que tons terá essa noite?
Da saudade sinto a cada segundo que silencio com você?
Do efeito borboleta que se instala em mim ao te ver?
Das cores do teu calor?
Do sons de Edith Piaf cantando o hino ao amor?

Manu Kelé!

Poucas palavras

Poucas palavras
Emoção
Meu coração
Não sei se é flor
Ou será pulsante amor?

Manu Kelé!

Coração infinito

O universo soprou um verso nos meus ouvidos
E duvido que não seja verdade
O amor não tem idade nem fim
Ele permanecerá em mim
Até na outra dimensão
No tempo em que meu coração estiver infinito.

Manu Kelé!

Vale a pena

Eu não resisto a sedução das palavras
Elas não resistem a mim
Assim acontece um envolvimento
Movimento irrecusável
Amável casamento
Do nosso sagrado laço
Depois de um lindo abraço
Corpo e alma envolvidos
Sinto um poema nascer
Que as vezes até vale a pena ler.

Manu Kelé!

sábado, 19 de março de 2016

Poema lindo

Quase todo final de tarde o céu fica degradê
Poema lindo de se ver
Meu coração está colorido
Os tons
Os sentidos
Unem o verso
Confessam minha atitude interior
Sou completamente louco de amor por você!

Manu Kelé!


Suave feliz

A tarde esquenta as palavras
Não esfria a inspiração
Pois o meu coração
Bate suave feliz
Diz que o amor é melhor sentimento
Diz que o vento sopra o melhor azul
Diz que tu ocupou toda geografia dos meus sentidos
E libertou todo bem querer contido na minha alma.

Manu Kelé!


Te amar

Te amar é tão bom quanto respirar
Libera no ar uma energia positiva
Capaz de tornar ativa a minha felicidade!

Manu Kelé!


Ser louco

Ser louco por você é o que me faz feliz
                    O resto
O mundo diz que é normal!

Manu Kelé!

Eu

Cheio de paradoxos
    Contrários acertos errados
            Ensaiados atos da vida cotidiana
               O bacana mesmo é cultivar a loucura
                   Deixar a poesia nua na praia da inspiração.

Manu Kelé!

Amor revolucionário

Um amor revolucionário
Não se encontra em dicionário
Nem fica preso no armário
Se refaz diário e infinitamente
É completamente liberto
De egoísmo apego  individualismo
E de todos os abismos que possam causar sofrimento.

Manu Kelé!

Quero ver você feliz

Quero ver você feliz
Sorrindo como o sol
Voando alegres cores
Borboleteando a vida

Quero ver você feliz
Você diz: Quero o teu bem
Eu revérbero pra ti o meu amor

Quero ver você feliz
É simples conciso
O teu sorriso
Gera felicidade em mim.

Manu Kelé

sexta-feira, 18 de março de 2016

Felicidade

Felicidade
Encantamento
Luga do amor
Inspiração 
Zona melhor do coração!

Manu Kelé!

Nos caminhos...

Nos caminhos do amor
Flores espinhos
Ninhos carinhos
Acertos desencantos
Cantos canções

Nos caminhos do amor
Poesia inspiração
Mar emoção
Vidas sementes

Nos caminhos do amor
Céu estrela lua
Borboletas cores tua
Lições de aprender a amar!

Manu Kelé!


Marina Oliveira

Mar é o teu sorriso
Amar é o teu destino
Rios floridos de carinho
Inspirações para as estrelas
Na alma toda luz
Assim é Marina

Olhos de bendito futuro
Luas crescentes de firmeza
Imaginaçao de alcançar o céu
Verdes pesamentos de esperança
Extremada energia positiva
Imensa ternura
Rua da vida que alcançara o
Amor assim é Marina.

Manu Kelé!

Sinta

Não diga
Sinta viva
Estando dento do amor
A única saída é amar...

Manu Kelé!



Frio na barriga

O vento da poesia me trouxe
Erguido por palavras iluminadas de estrelas
Com um frio enorme na barriga
Tomado completamente pela emoção
Agitando em mil batidas o coração
Só porque quero gritar para o universo inteiro saber:
QUE EU AMO VOCÊ!

Manu Kelé!

Príncipe de ébano

Leve vento
         Leve estou
                   Passarinho
Em meu ninho de carinho
           Se diz-me príncipe
Príncipe sou
           De ébano emoção e poesia.

Manu Kelé!

Nenhuma palavra

Com toda certeza
    Nenhuma palavra
         Consegue alcançar
              A imensidão da tua beleza!

Manu Kelé!

Zen

O sol tá quase dormindo
As palavras acordando
Lépidas em festa na minha inspiração
Sopram uma sensação de leveza
 Lembram-me que as cores do teu olhar me fazem voar
Zen, fico sem chão
Levitando meu coração nessa infinita beleza.

Manu Kelé!

Sem...

Sem palavras
Vivo o verso
Lindo universo
Tua beleza.

Manu Kelé!

Diz

Qual poesia sai do azul?
Do sul do teu olhar?
Dos caminhos de encontrar?
Da imensidão do universo?
Qual poesia sai desse verso, das vidas?
Da minhas idas e vindas por dentro de ti?

Manu Kelé!

Mais que o Sol

Teu abraço de asas
Me faz voar poesia
Pura magia
Amor mais que o Sol.

Manu Kelé!

quinta-feira, 17 de março de 2016

Vazio poema

De tanto não querer fazer nada
                   Acabei respirando um poema
                                                                v
                                                                          a
                                                                                 z
                                                                          i
                                                                 o!

Manu Kelé!

Janelas

Janelas     janelas     janelas
                Nas brechas do pensamento
                                         O tempo
                                              passa 
                                                       torto
A inspiração 
                     voa suave 
                                     cores caleidoscópicas !


Manu Kelé

Gosto do tempo

Guardo o gosto do tempo
Sinto o  cheiro das cores
Respiro a alegria do sol
Do mar a emoção
Do céu o coração
Da terra a força
Da tua presença
Toda poesia que possa transbordar da minha alma.

Manu Kelé!

terça-feira, 15 de março de 2016

Céu de carneirinhos

Quando o dia dorme
Sinto o carinho das estrelas
Em Sorrisos iluminados
Bordados caminhos
Céu de carneirinhos
A noite
Os sonhos
Tudo a encantar
Esse simples poema
Que eu quero de dar.

Manu Kele!

Mar da tua falta

No tempo da inspiração a saudade é arrebentação no imenso mar que faz a tua falta.

Manu Kelé!

Bulia

O efeito da poesia já se bulia no coração dos poetas antes mesmo do primeiro verbo surgir!

Manu Kelé!

Sem dimensão

Nas horas
         segundos
               Nos profundos da minha inspiração
Te desejar
                                                          É poema sem d
                                                                                    i
                                                                                m
                                                                                    e
                                                                                n
                                                                                    s
                                                                                ã
                                                                                  o!

Manu Kelé!

Efeito borboleta

Na memória da minha alma
Sinto o teu amor
Tão lindo leve cometa
Em cores de efeito borboleta.

Manu Kelé!

Poema infinito

O chão não me sentia
Esqueci as dores do dia
Durante o poema infinito
Que foi ficar junto a ti!

Manu Kelé!

segunda-feira, 14 de março de 2016

Estrelas desse verso

Teu olhar ascendeu as estrelas desse verso
Sou confesso lunático do teu amor
O  teu calor me conduz ao estado poético
Do frenético desejo tocado em nós.

Manu  Kelé!

Palavras sem controle

Minhas palavras estão fora de controle
Umas querendo tomar forma de estrela
Outras de lua
Incestem em escrever o teu nome nas ruas dos meus sonhos
Estou sentindo arrepios medonhos
Não sei mais o que fazer
As palavras também querem conquistar você!

Manu Kelé!

domingo, 13 de março de 2016

Inspiração

Instantes singulares
Nas ondas dos sentidos
Sorte de encontrar-se com as palavras
Palco incessante da vida
Inspiração
Rios perenes de criação
Amor que se renova
EmoÇão nos sentidos
A  melhor amante de todo poeta
Ostentação divida da poesia.

Manu Kelé!

Poesia sem sentido

Não quero te dar uma poesia qualquer sem sentido
Vou primeiro pedir ao cupido que fleche todas as palavras
Depois desse encantamento
Soprarei no vento a inspiração
Será que conseguirei tocar o teu coração com o meu amor?

Manu Kelé!

Chuva

Caí água
Horas molhadas
Uma alegria em nosso interior
Viva respire poetize
A chuva
Manu Kelé!

Maria Jorge

Mãe por natureza
Amor sem limite
Radiante força feminina
Inspiração de luta
Assim era Maria Jorge

Joia rara
Ostentação de sorrisos
Rios de carinho
Grande coração
Eterno mar sereno de cuidados.

Manu Kelé!

sábado, 12 de março de 2016

Eu borboleta

O pensamento voa
Poesia suave
Nave de cores
Flores de você
A tua Geografia é jardim
Eu borboleta te querendo em mim.

Manu Kelé!

De flor em flor

De flor em flor o beija flor semeia amor.

Manu Kelé!

Lagoa da lua

Estou seco de palavras
Repleto de inspiração
Quando o sentimento extravasa
É água profunda na lagoa da lua
É rua ladrilhada coberta de flores
Das cores do bem querer.

Manu Kelé!

Vulcão

A paixão é um vulcão descontrolado que toca fogo na razão e descontrola todos os sentidos.

Manu Kelé!

sexta-feira, 11 de março de 2016

Luz

A luz que ascendeu a primeira de todas as vidas era de puro amor!

Poema da Noite

No poema da noite o toque da energia de cada estrela nos mostra quanto Deus nos ama e nos quer feliz.

Poema da tarde

No poema quente da tarde 
arde nas palavras uma doce vontade de te beijar
Sentir o teu carinho
E nos teus braços voar
Céu a dentro das cores da emoção! 

Manu Kelé!

Céu e mar

O teu bem querer é luz
Que me conduz aos caminhos do amor
Me faz esquecer as dores da vida
Me faz encontrar a saída para enfrentar a tristeza
Não consigo negar
Te gosto tanto tanto
Imenso como o céu e o mar.

Manu Kelé!

quinta-feira, 10 de março de 2016

Luz das palavras

Pela a luz das minhas palavras!
Acredite em mim
O amor é assim
Lindo suave verso
Infinito universo.

Manu Kelé

Pura poesia

Meu sentimento é pura poesia
Que contagia
A energia da tua suave pessoa
Meu pensamento voa céu a dentro
Do infinito e beleza dessa inspiração
Nossos corações de verdade
Vibram só felicidade.

Manu Kelé!

Me diz

Me diz o que faço pra ter o teu abraço
Me lanço pelo espaço da poesia
Ilumino teu dia com lindas palavras de emoção
Transbordo meu coração com as cores do meu amor?
Me responde por favor!

Manu Kelé!

Cores de amar

Me deixo levar pelas palavras
Em voo cego de emoção
Liberto meu coração
Pousando as cores de amar.

Manu Kelé!

Desesperança

A desesperança é contra a dança da felicidade
Será que os meses são todos iguais?
Agosto nunca foi melhor que janeiro?
Nem fevereiro melhor do que março ?
Mas pra ser feliz o que será que faço?
Pensei seriamente em dar um abraço no meu grande amor.

Manu Kelé!

Sintomas de paixão

Acelerar o coração?
Pensar seguidamente no seu bem?
Ver as cores de uma forma mais viva?
Ter a inspiração ativa?
Escolher uma canção de amor?
Desejar da musa o calor?
Tentar seguir os seus passos?
Sonhar com mil abraços?
Escolher a estrela mais brilhante
E numa noite dissonante de poesia
Respirar a magia do amor.

Manu Kelé!

quarta-feira, 9 de março de 2016

Céu

Segundos sem você é como céu sem o azul!

Manu Kelé!

Quem consegue?

Quem consegue controlar o amor?
Prendê-lo na mais pura hipocrisia
E dizer que ele existia só alguns tempos atras
Se oriente meu rapaz
O amor se refaz
No abraço
No olhar
No Zap
No Face
Face a face
No entrelaço das almas que se encontram
Seguidamente
Nessa ou em vidas diferentes
Para viver como for
Um verdadeiro e profundo amor.

Manu Kelé!

Nossa canção

Tardinha gostosa de calor
O amor toma conta de mim
Assim respiro a poesia
Que tem a magia do azul
Céu de carinho pra tu
O melhor do meu coração
A minha felicidade é a nossa melhor canção.

Manu Kelé!

Naná Vasconcelos

Na raiz do som
Alma ancestral
Nanã Yemanjá
As mães pulsantes em nós

Vasta é a musicalidade
Ancestralidade diluída na História
Somos filhos da musica
Como Naná
O Nagô que não se calou
Não se entregou
Consciente dizia
Enquanto um negro um só negro chorar
Liberdade não haverá
O samba ainda é canção de fé e luta
Somos como você todos filhos da mesma mãe a África está em nós!

Manu Kelé!

terça-feira, 8 de março de 2016

Nunca mais

Estrelas frias nunca mais
O calor da paz vibra na minha inspiração
O coração bate lua crescente
No meu sorriso tem uma semente viva de esperança
A melhor festança agora é estar zen
Quero te encontrar
Quero te abraçar
Te dar a melhor energia
Todo carinho que possa contagiar
O lindo céu de te amar.

Manu Kelé!

Escambau

Eu nem sei onde estou
Seco de poesia em plena luz da noite
Começo a delirar palavras
As mais surreais possíveis
Mas isso é um escambau
Boa parte da poesia é loucura
A outra parte é doçura
Uma dimensão infinita vive de amor.

Manu Kelé!

Escreverei

Escreverei o que sinto
Usando curtas palavras
Não preciso de um milhão de versos
Pra dizer te amo.

Manu Kelé!

Mesmificantes

A dimensão da inspiração
Fica em um lugar além da alma
Onde quase tudo se acalma
Todas as energias mesmificantes
Dão lugar as loucuras errantes da felicidade
Verdade metamorfósica
Que só encontramos na poesia.

Manu Kelé!

Lépido

Lépido estou
pois o amor me tocou
Uma sinfonia muito linda
Nesse momento a vida
É mais que poesia
É sentimento que contagia minha alma
Me preenche de energia
E me torna feliz!

Manu Kelé!

O amor é lindo

O amor é lindo
Nos quer sorrindo
Por todos os sentidos da alma
É semeador da calma certeza:
Se tiveres um amor verdadeiro
A felicidade te transformará por inteiro.

Manu Kelé!

segunda-feira, 7 de março de 2016

Voo de poesia

Não tenho asas mas voo de poesia quando o amor preenche com sua leve magia o meu coração!

Manu Kelé!

Alegria

A alegria
Transbordou suas cores
Por todos os meus sentidos
Poros
Células
Cabelos                 A alegria dominou a minha inspiração.
Átomos
Essência
Respiração
Alma
Coração
                                     
Manu Kelé!

Você...

você respirou poesia
Eu te dei estrelas
Você transpirou o céu
Eu pintei letras
                      A
                      M
                      O
                      R
Você desejou amor
Eu já tinha te dado antes de você pensar

Manu Kelé!

domingo, 6 de março de 2016

Viver

Teu olhar
Águas claras
Mar da minha inspiração
Universo da beleza
Cor da minha emoção

Teu olhar
Sol poesia
Estrela de me acender
Tua luz me contagia
Você melhora o meu viver.

Manu Kelé!

Outra verdade

O amor é a felicidade
A felicidade é o amor
Qualquer outra verdade é mentira
Daquele que ainda não acordou.

Manu Kelé!

Poesia real

A poesia é realidade
Quando a verdade
Brilha no coração
O bem querer
A inspiração
Guiam a alma
E o amor supera a paixão.

Manu Kelé!

sábado, 5 de março de 2016

Toda inspiração

A poesia está no voo da borboleta
E na primeira letra que iniciou toda inspiração!
Manu Kelé

Mãe do amor

Poesia
Que vem do céu
Poesia
Que move o mar
Poesia
De encantar palavras pra te dar
Poesia
Vibra o coração
Poesia
Da emoção
Poesia
Do teu calor
A poesia é a mãe do amor.

Manu Kelé!

Céu de encontrar

Lágrimas são lágrimas e só?
O nó que dá na garganta
Pode ser de felicidade
Da verdade de te amar
O mar é só mar?
Só sei que o azul mais azul
Vem do vento do céu da gente se encontrar.

Manu Kelé!

Estrela de nós

Lua nova
Crescente amor
Estrela de nós
Céu do querer
Você em mim
É o melhor da vida
Inspiração sem medida
Lindo sol a florescer

Manu Kelé!

sexta-feira, 4 de março de 2016

Verso quente

Meu corpo arde nas palavras de um verso quente que o sol da gente quer acender nesse ambíguo e suave mar de bem querer.

Manu Kelé!

Gira

Gira estrela
Gira noite
Bolha de sabão

Roda vida
Roda mundo
Linda emoção

Gira rua
Gira Sóis
Cores do amor

Roda lua
Roda céu
Teu doce calor.

Manu Kelé!

Perdoa

Me perdoa
Pois a felicidade voa
Quando fico sem te ver

Me perdoa
Pois quando a gente se magoa
Doí por dentro de estremecer

Me perdoa
Pois meu universo
Não tem verso longe de você

Manu Kelé!

Mesma poesia

A mesma poesia que gira as estrelas do universo
Move esse verso e meu extremo bem querer!

Manu Kelé!

quinta-feira, 3 de março de 2016

Pulsante céu

A lua derramava o sorriso
Clareando a noite
Incontestável poesia
Doce magia
Coração gigante
Pulsante céu feliz.

Manu Kelé!

quarta-feira, 2 de março de 2016

Um anjo

O vento que acalmou as estrelas
Soprou a noite inteira
No céu da poesia
De um anjo que voava de emoção.

Manu Kelé!

Paixão fugaz

A paixão é fugaz
Assim como chega se vai
E nas ondas do tempo
O verdadeiro amor se refaz.

Manu Kelé!


Nas estrelas

Nas estrelas do teu olhar
Melhor emoção
Brilho sedução
Carinho e calor

Nas estrelas do teu olhar
Beleza infinita
A luz mais bonita
Que possa me guiar

Nas estrelas do teu olhar
É onde eu encontro a paz
É verdade que me faz
Estar sempre feliz

Manu Kelé!

Jean dos Anjos

Jeito do olhar
Extrema sensibilidade
Amor refletido na imagem
Namorado das cores

Dadiva visão
O coração inspirado
Suaves sonhos

Antes mesmo de nascer
Naquele instante poderia se prever?
Jean seria pura arte?
Os anjos fazem a sua parte
Sincera é a sua vocação.

Manu  Kelé!

terça-feira, 1 de março de 2016

Versos errantes

Solto palavras flutuantes
Em versos errantes
Descontrolados pela loucura
A ideia madura caiu do pé do vento
De tanta inspiração invento um céu
As estrelas são girassóis
A lua flutua brilhante
O céu será mar gigante onde voarão lindos golfinhos
Passarinhos cantarão musica de infinita dissonância
Do sol do amor brilharão  irresistíveis flagrâncias
Que contagiarão todos os corações.

Manu Kelé!

Pão e poesia

De pão
De poesia
De magia
Leve flor
De pão
De verso
Forte confesso amor
De pão
De inspiração
Lindo azul
Do meu coração voador.

Manu Kelé!

Semeador

Nessa noite estrelada
Acendo palavra alada
Desperto a inspiração
O meu coração menino 
Não brinca com o destino 
Quer a sua transformação
Viver é aprender
Respirar sabedoria 
Abertura que contagia
O crescimento da alma
Desejo sons e calma
Esperança comunhão
Desejo um coração 
Semeador de ternura e paz.

Manu Kelé!