segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Mil tons

O som,
Mil tons,
Poema,
Voz,
Anjo,
Jazz,
Força,
África,
Sentimento,
Visões
Liberdade,
Diversidade,
Sentido
Força
Vida,
Asa,
Sonho.


Manu Kelé!

domingo, 29 de agosto de 2010

Repente

Num repente
Um poema,
De moderna forma,
Sem paredes, sem norma,
Em papeis levados ao vento.

Num repente,
Um sentimento solto,
Com a ideia saída do bolso,
Viagem ao profundo,
Revelação da alma,

Num repente,
Palavras sinceras,
Flores da primavera,
Cantar de pássaro
Embalando o tempo.

Num repente,
O fim do meu tormento,
O mais valioso alimento,
A luz do teu olhar.

Manu Kelé!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Arcanjos

Ao teu lado,
Sou todo flores,
Cheiro a poemas,
De palavras coloridas...

Ao teu lado,
Sou o holístico,
O pensar,
Desejo solto no ar,
Sublime mar de amor...

Ao teu lado,
Sou estrada sem fim
Arcanjos Serafins,
Voando sobre o gostar!

Manu Kelé!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Silêncio

Toque de poesia,
Silêncio sem fim,
A  vida pra mim
É extrema beleza.

Ladeira das Palavras,
Guardo minha calma,
Na noite pintada de estrelas,

Som do universo,
Tudo que eu te peço,
É poder me ouvir.

Manu Kelé!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Gosto de maçã

O poema se forma na manhã,
O sol nascendo,
Um gosto de maçã,
Um beijo de amor,
O calor de quem se gosta
Colorindo o dia.
Magia doce!
Simplesmente a vida
Dando o ar da graça,
Maravilhosa poesia!

Manu   Kelé!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Rio de palavras

Rio de palavras,
Água da saudade,
Mar do pensamento,
Natureza viva!

Cor do teu olhar,
Marcas do teu beijo,
Meu desejo no ar...

Sentido da pele,
Poema que revele,
O infinito gostar.

Manu Kelé

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Tarde

Sol,
Poema renitente
Que arde na gente,
Palavra erguida
No sentido...

Tarde,
Parte do  dia,
Cor dissonante,
Diamante mágico,
Precioso valor...

Noite,
Estrelas beijando o céu,
O minha imaginação ao leo,
Vento perfumando o ar!

Manu Kelé!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Ciranda e arte

Teu olhar poema
De cor e beleza,
Certeza que me irradia.

Teu  olhar
Ciranda e arte,
Doce parte
Da criação.

Teu olhar
Energia do universo,
Lindo verso e perfeição!

Manu Kelé!