quinta-feira, 24 de março de 2011

Anjo

Asas de sorriso,
Corpo de poesia
Alma que contagia,
Energia vital.

Olhar de estrelas,
Nuvem de carinho,
Minha casa meu ninho,
Meu amor e Carnaval.

Sentimento celeste,
fonte de energia,
Luz que me guia,
Sol da emoção.

Anjo doce suave,
Quero na tua nave
Embrenhar meu coração!

Manu Kelé

segunda-feira, 21 de março de 2011

Água da poesia

Beber a água da poesia,
Molhar corpo e alma,
Respirar a calma,
Fauna de palavras coloridas.

Mergulhar no sentimento,
Viver o momento,
Nascer como sol.

Ascender a inspiração,
Transbordar do coração,
Lágrimas sentidas de amor!

Manu Kelé!
Poema musicado por Eduardo Loureiro.

domingo, 20 de março de 2011

Noite alegre

Noite alegre de calor
A dor da saudade se foi,
A lua brilhou como o teu olhar,
E eu me encontrei no teu sorriso!
Manu Kelé!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Abraço

Abraço
Laço do gostar,
Cantar a vida o amor,
Esquecer a dor,
Aprender a partilha.
Ciranda do bem.

Abraço,
Passo do sentimento,
Do poema o alimento,
Da ação a pura energia,

Abraço
Luz de cada sorriso,
Inspiração que eu preciso,
Pra respirar e viver.

Abraço
Marco de esperança,
De vivermos como  crianças,
A construção de um mundo melhor.

Manu Kelé!

sábado, 12 de março de 2011

Saudade sem idade

Saudade...
Sem idade
Tempo ou cor,
Doi no sonho, doi no amor.

Saudade...
Verdade partida,
Memória escondida
Mundo sem fim.

Saudade...
Mesmo no sonho se revela,
E eu era barco sem vela,
Que não encontrava o mar.

Saudade...
Que eu quero findar,
Mas sem te encontrar
Ela vai permanecer.

Manu Kelé!