sexta-feira, 29 de abril de 2016

Som do nascer do sol

As estradas das minhas palavras
Estão ladrilhadas de amor
Quando sinto teu coração
Me preencho do  teu calor
Oh linda flor desse verso
Borboleta caleidoscópica
Cores de te querer
Alegria de te ver
É beleza memorável
Poesia comparável
Ao som do nascer do sol.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário