sexta-feira, 1 de abril de 2016

Paradoxal poema

A paixão aguça as cores da alma
Resplandece a luz interior
Descompassa as horas
Faz voar o juízo
É de todo lindo paradoxal poema.

Manu Kelé!

Um comentário: