domingo, 17 de abril de 2016

Qualquer parte

O rio do teu olhar
As cores da tua áurea
A energia da tua beleza
A certeza que une esse verso
O confesso bem querer
Eu em você
Habitando em qualquer parte do teu coração.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário