terça-feira, 5 de abril de 2016

Nem sei

Nem sei quantas estrelas brilham no céu essa noite
Nem sei qual o peso da lua
Nem sei quanto loucos estão pelas ruas da miséria
Nem sei se essa poesia é mesmo seria
Nem sei se tudo é mentira só dez por cento é verdade
Nem sei quando me vou qual será a idade
Nem sei por que te amo
Nem sei porque as vezes reclamo da vida se ela é tão linda e maravilhosa.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário