sexta-feira, 1 de abril de 2016

Palavras invisíveis

Flutuo entre palavras invisíveis
De um verso que não existe
Esqueço tudo que ia pensar
Também não da pra aguentar
Essa saudade é mesmo de lascar!

Manu Kelé!

Um comentário: