domingo, 17 de abril de 2016

Raiando o dia

Quase raiando o dia no templo da poesia
A tua beleza extrema
Brilha como o sol
Quero ser rouxinol
Canário galo campina
Pra cumprir a minha sina
De cantar pro teu coração.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário