terça-feira, 29 de março de 2016

Nem era estrela

Eu que nem era estrela
Brilhava toda noite em teus braços
O nosso céu de carinho
A nossa lua de ternura
Mas como nem tudo dura
Você se foi
E agora e depois
O destino vai me dar calor
Para eu continuar acreditando no amor!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário