terça-feira, 15 de março de 2016

Céu de carneirinhos

Quando o dia dorme
Sinto o carinho das estrelas
Em Sorrisos iluminados
Bordados caminhos
Céu de carneirinhos
A noite
Os sonhos
Tudo a encantar
Esse simples poema
Que eu quero de dar.

Manu Kele!

Nenhum comentário:

Postar um comentário