terça-feira, 1 de março de 2016

Versos errantes

Solto palavras flutuantes
Em versos errantes
Descontrolados pela loucura
A ideia madura caiu do pé do vento
De tanta inspiração invento um céu
As estrelas são girassóis
A lua flutua brilhante
O céu será mar gigante onde voarão lindos golfinhos
Passarinhos cantarão musica de infinita dissonância
Do sol do amor brilharão  irresistíveis flagrâncias
Que contagiarão todos os corações.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário