segunda-feira, 14 de março de 2016

Estrelas desse verso

Teu olhar ascendeu as estrelas desse verso
Sou confesso lunático do teu amor
O  teu calor me conduz ao estado poético
Do frenético desejo tocado em nós.

Manu  Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário