sexta-feira, 4 de março de 2016

Perdoa

Me perdoa
Pois a felicidade voa
Quando fico sem te ver

Me perdoa
Pois quando a gente se magoa
Doí por dentro de estremecer

Me perdoa
Pois meu universo
Não tem verso longe de você

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário