segunda-feira, 28 de março de 2016

Mirar-te

Quero mirar-te em mais profunda poesia
Esquecer as horas
Eternizar os dias
Tu já sabias que a minha inspiração é tua?
As ruas dos meus versos andam enfeitadas do teu olhar
Enamoradas com o luar da tua beleza
Crescentes de amor
Enovadas do teu calor
Mas quando estamos perto nem sei o que faço
Das ações inusitadas
A melhor mesmo é te dar um infinito abraço.

Manu Kelé

Nenhum comentário:

Postar um comentário