sábado, 19 de março de 2016

Amor revolucionário

Um amor revolucionário
Não se encontra em dicionário
Nem fica preso no armário
Se refaz diário e infinitamente
É completamente liberto
De egoísmo apego  individualismo
E de todos os abismos que possam causar sofrimento.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário