terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Uma palavra

Se toda poesia do mundo derretesse igual a chocolate gostaria mesmo de me deliciar com o sabor de uma palavra: Amor!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário