domingo, 31 de janeiro de 2016

Inspiração constante

Minha inspiração constante
Bebe cores dissonantes
Na fonte do amor
Das palavras calor
Da sensibilidade lição
Da vida emoção
De sentir esse dom
Tão bom
Presente de Deus.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário