quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Girou girou

Um poema girou a noite quase toda no meu juízo
Depois de entontecer todas as palavras
Caí no chão da inspiração sem conseguir dizer nada.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário