domingo, 1 de novembro de 2015

Dias sem você

Dias sem você 
Esfria o sol
Descompassa o tempo
Desafina as cores
Deixam expostas as dores da paixão

Dias sem você
Nem sei dizer o tanto que doí
Mas é um estado que corroí
Paralisa a minha poesia.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário