quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Valeu

Mesmo que a poesia não leve uma madrugada inteira de palavras
Mesmo que não consiga iluminar o teu dia
Mesmo que você não sinta a emoção que me contagia só por estar ao teu lado
Mesmo  que eu não tenha mil flores pra te dar
Mesmo que esqueça de conjugar o verbo amar no pretérito mais que perfeito do subjuntivo
Mesmo que eu seja um atrevido que quer estar em teu coração
Mesmo que você não entenda a situação de você habitar o meu melhor espaço
Mesmo que eu não saiba o que faço com esse destino que me faz  te querer tanto bem.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário