segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Não consigo

Não consigo dominar as palavras
Não consigo esvazia-las de amor
Não consigo silenciá-las
Não consigo tirar-lhes o calor
Não consigo pará-las no tempo
Não consigo prendé-las ao vento
Não consigo impedi-las de voo
Não consigo deixá-las sem ar
Não consigo desencanta-las da paixão
Não consigo cobri-las de razão
Não consigo deixá-las sem sentido.
Não consigo impedir o cupido de lhes acertar

Manu Kelé!


Nenhum comentário:

Postar um comentário