sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Cor do meu amor

Meio dia sol a pino
O calor da saudade não tem graus
Medida infinda de frio e falta
Não consigo acalmar as palavras
Que vão girando inspiração
Emoção de poema e lágrimas
Rio seco do teu riso
Mar de intensa cor do meu amor!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário