domingo, 29 de novembro de 2015

Perto de você

Quando estou perto de você
As palavras querem fugir de mim
Não sei por que é assim
Bate uma agitação nos seus corações
As emoções esvaziam a calma
A alma fica entorpecida de silencio
Bate um vento uma calmaria
Que a tua companhia as deixa quase sem fôlego.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário