domingo, 22 de novembro de 2015

Poeira de verso

Poeira de verso que a palavra atrai
Estrela flutuante que não caí
Sol do nosso desejo
Beijo guardado
Mar dessa paixão
Estrada de poema
Inspirado amor
Vento que traz o cheiro da flor
A cor do bem querer feliz
O que condiz com o nosso destino
Acredito ser um florescer de amor sem fim.

Manu Kele!

Nenhum comentário:

Postar um comentário