sábado, 1 de setembro de 2012

Chove

Ventam palavras doces,
Flores sorriem perfume,
Vaga-lume dança no céu.

Chove som de estrelas,
Pinga suavidade,
Poesia de verdade,
Cabe em todo coração.

Corre rio lindo verso,
Água vida mil cores,
Pra negar as minhas dores,
Respirar a criação.

Manu Kelé!



Nenhum comentário:

Postar um comentário