sábado, 1 de dezembro de 2012

Sem palavras

Poetizar sem palavras, olhar no infinito as estrelas e sentir a emoção de todas elas dentro de você!
Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário