terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Poema interno

Lagoa olhar,
Natureza minha,
O inverso da alma,
A incerteza da calma,
O fogo da paixão,
O incêndio no espelho,
Reflete a lua do querer,
E o coração voa,Voa voa...
No céu do poema interno!

Manu Kelé!

Um comentário: