sábado, 6 de fevereiro de 2016

Romeu e Julieta

Rua do destino que nos encontrou
O amor proibido que nos tomou
Máximo do que pode ser considerado desejo
E luas e sois sem fim
Unidos corações separada realidade
Extremo paradoxo
Julieta
Um amor infinito
Lindo Romeu um amor bendito
Instantes de loucura e desespero
E a vida entrou em destempero
Tomado gole que causaria o fim
Amor que marcou as estrelas brilha em mim triste loucura da genial literatura.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário