quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Dança das cabeças

Dia estrelado
Astros e sol no anoitecer
Nenhum pensamento a se mover
         Nas cabeÇas
Assim dançava a musica genial

Dissonância discordância da mesmice
Amores caleidoscópicos
Suor dos acordes

Cada movimento sonoro
Alcançava o lumiar da loucura
Bem dizia o universo:
Esqueça o mal
AmanheÇa
Amor
Silencie todo e qualquer stress.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário