quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Qualquer novidade poética

Qualquer novidade poética te falo
Quando o verbo resolver silenciar diante da tua beleza
Quando eu tiver a certeza que a tua áurea fica colorida ao sentir a minha emoção
Quando o nosso coração for movido pelo mesmo sentimento
Quando soprar teu nome ao vento e suavizar as cores das flores
Quando esquecer as dores do dia por estar em teus braços
Quando os meus passos descansarem poesia
Quando sentir por inteiro a imensa magia do nosso amor.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário