terça-feira, 6 de outubro de 2015

Máximo silencio

Quando fiz o máximo de silêncio interior antes de dormir o amor que eu sentia  vibrava repetidamente o teu nome.


Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário