quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Gentileza

As palavras me pediam profecia
Enquanto o dia agitava em suas cores múltiplas
Exploração pobreza dor
Seja o que for pode-se cuidar com gentileza?
O amor é a perfeita certeza de que tudo pode melhorar?
Jogava versos ao ar
Pintava muros
Amarelos verdes
Tramava redes desconectadas da violência
Revigorava toda paciência
No calor da minha maior certeza
Gentileza gera gentileza.

Manu Kelé



Nenhum comentário:

Postar um comentário