sábado, 8 de agosto de 2015

Rasgo o verbo

Rasgo o verbo pra jogar fora a saudade mas ela se recicla ao lembrar da poesia linda que é o teu olhar.
Manu Kelé​!

Nenhum comentário:

Postar um comentário